Treinamento corporativo

Muitos colaboradores chegam até as empresas com uma formação inicial que não atende algumas particularidades da organização. Por isso, é muito comum que as empresas recorram a processos de formação internos para capacitar o colaborador. É aí que surge o Treinamento Corporativo: estratégia para ter uma equipe capacitada, pronta para resolver problemas e para atuar em alta.

Neste texto você vai ver:

Acompanhe!

O que é Treinamento Corporativo?

Treinamento corporativo é uma prática para desenvolver habilidades específicas do colaborador, com o objetivo de melhorar a execução das suas tarefas dentro da empresa.

No dia a dia da organização esse treinamento pode funcionar de diversas formas, como: ensinar o colaborador a utilizar um software ou introduzir um novo colaborador na função que ele deve executar.

Em algumas empresas o treinamento é uma peça fundamental na engrenagem da corporação, por isso é comum que tenham até o seu próprio setor, chamado Área de Treinamento e Desenvolvimento (T&D).

O Brasil já é um dos países que mais oferecem treinamento corporativo no mundo.

Segundo dados da pesquisa Panorama do Treinamento no Brasil, de 2017:

treinamento corporativo

Isso reflete que os gestores estão cada vez mais preocupados com a capacitação e treinamento de seus colaboradores!

O treinamento corporativo pode solucionar várias demandas dentro da empresa. Entenda melhor quais são os tipos de treinamento e o que cada um resolve:

Tipos de Treinamento Corporativo

Podemos dividir o treinamento corporativo em dois tipos:

Treinamento comportamental

Treinamento comportamental tem o objetivo de aprimorar os colaboradores através de suas experiências e sentimentos, contribuindo com técnicas para melhorar aspectos como: desenvolvimento de liderança, entrosamento de equipes, alinhamento pessoal com profissional e outras coisas mais.

Treinamento técnico

Treinamento técnico é um tipo de treinamento corporativo mais específico para desenvolver as habilidades técnicas do colaborador. Nesse tipo de treinamento são ensinados conteúdos como: normatizações técnicas, manuseio de softwares, conteúdo institucional e muito mais.

Leia também  Treinamento EAD (Treinamento a Distância): o que é, vantagens e como fazer na sua empresa

Quer saber mais? Confira nosso post com tudo que você precisa saber sobre treinamento e desenvolvimento e aproveite para conhecer mais tipos!

Benchmarking de treinamento e desenvolvimento

Além de capacitar colaboradores, melhorando sua performance na empresa, o Treinamento Corporativo ainda possui outros benefícios. Saiba quais:

Benefícios do Treinamento Corporativo

O treinamento corporativo gera:

Colaboradores mais motivados

O treinamento faz com que os colaboradores tenham mais clareza das suas tarefas e objetivos, pois com essa prática eles passarão a conhecer melhor seu papel dentro da organização. Esse fator faz com que o colaborador fique mais motivado sobre o seu trabalho, afinal, ele saberá sua importância para a empresa.

Mais rapidez e eficiência na execução de tarefas

Se o colaborador se sentirá mais motivado, ele fará o seu trabalho com mais foco e rapidez, otimizando o tempo e garantindo mais eficiência na hora de executar suas tarefas.

Melhora no ambiente organizacional

Através do treinamento corporativo coletivo os membros de uma mesma equipe podem se conhecer melhor, gerando entrosamento no time e aumentando a confiança uns nos outros, fazendo com que o trabalho em equipe e o clima do ambiente sejam melhorados.

Agora que você entendeu o conceito de treinamento corporativo e os tipos de treinamentos que existem, vamos aprender efetivamente como planejar e implantar treinamento na sua empresa:

Como planejar e implantar Treinamento Corporativo em 4 etapas

Como qualquer outra estratégia dentro da sua empresa, implantar treinamento corporativo exige planejamento. Esse planejamento pode ser feito em 4 etapas. Confira a seguir:

1 – Diagnóstico:

Para haver treinamento corporativo é preciso existir demandas, certo? Por isso, identifique-as. É necessário fazer um diagnóstico para entender o que precisa ser aprimorado dentro da sua organização.

Se a sua empresa tiver uma grande rotatividade de colaboradores, por exemplo, um conteúdo institucional explicando missão, visão, valores e campo de atuação da empresa pode ser bem útil para os novos funcionários.

2 – Orçamento:

O ROI (retorno sobre investimento) de um treinamento bem planejado costuma ser bem alto, por isso todo investimento inicial aplicado tende a voltar como lucro, mas não pense que isso é desculpa para sair gastando por aí! É por isso que precisamos falar de orçamento.

Leia também  Treinamento EAD (Treinamento a Distância): o que é, vantagens e como fazer na sua empresa

E nesse único quesito entram várias coisas como: vale a pena levantar capital para fazer a gestão do treinamento corporativo? É preciso abrir um setor de T&D? Todas essas questões só podem ser resolvidas se houver clareza sobre o orçamento e um alinhamento entre os gestores das áreas para saber se haverá uma divisão de custos.

3 – Conteúdo:

Agora que você já sabe quanto poderá investir em treinamento corporativo, você já pode ter uma ideia da dimensão que ele terá. Nesse momento você deve estruturar os conteúdos dos treinamentos: quais treinamentos serão ofertados? O que cada treinamento abordará?

Para isso, conte com conteúdos criativos e dinâmicas divertidas para despertar o interesse do colaborador. É nessa hora também que você deverá definir o que é melhor: pedir para os próprios colaboradores ministrarem os treinamentos ou contratar pessoal externo?

3.1 Para essa questão vale a pena abrir um parênteses, pois é muito comum ver empresas errando nesse quesito.

Ministrar cursos com colaboradores internos ou contratar profissionais terceirizados têm suas vantagens e desvantagens.

Ao escolher colaboradores internos para dar o treinamento corporativo você contará com uma pessoa que entende da organização, seu propósito e sua visão de futuro, porém, esse colaborador pode não ter a didática necessária para transmitir conhecimento a um outro funcionário.

Já com o profissional terceirizado é o contrário: espera-se que ele tenha a didática necessária para ministrar os treinamentos, mas ele não terá o convívio e a experiência de empresa para fazer uma prática mais direcionada.

4 – Implantação e mensuração:

Depois de fazer um bom planejamento e alinhar todos os detalhes com as áreas de negócio, vai ficar bem mais simples implantar o treinamento corporativo.
Porém, além da implantação, você deve descobrir se essa prática está mesmo surgindo efeito. Por isso, quando o treinamento estiver finalizado você deve se perguntar: o treinamento fez diferença na vida do colaborador? É claro que chegar nessa resposta não é tão simples, por isso é preciso mensurar e quantificar os resultados.

Leia também  Treinamento EAD (Treinamento a Distância): o que é, vantagens e como fazer na sua empresa

Se você quer saber mais sobre como quantificar os resultados de um treinamento corporativo, confira nosso post sobre o assunto.

Treinamento Corporativo

Treinamento Corporativo EAD

Apesar de ter tantas vantagens, você pode descobrir que implantar treinamento nos moldes presenciais pode ser bem caro, pois envolve custos como: locação de espaço, contratação de pessoal especializado (quando necessário), perda de produtividade para acompanhar os treinamentos entre outros.

Para contornar essa situação, a alternativa que as organizações estão adotando é treinamento corporativo a distância utilizando uma plataforma EAD. Através de uma plataforma EAD é possível fazer tudo que um treinamento presencial faz, mas sem precisar deslocar os colaboradores ou parar toda uma equipe para acompanhar as atividades.

Além disso, plataformas EAD permitem que você acompanhe o desempenho dos seus colaboradores de forma automatizada, com a porcentagem do progresso de cada um, gerando relatório para você mensurar a efetividade do seu treinamento corporativo.

Como capacitar times de marketing e vendas usando uma Plataforma EAD - Case Euax Consulting

Vamos a exemplos reais de treinamento corporativo para entender melhor como é possível implantar essa técnica através de uma plataforma EAD:

Alguns cases de sucesso

A empresa Meus Pedidos conseguiu padronizar seus processos, atualizar seus colaboradores com agilidade e gerou engajamento através da porcentagem de progresso dos profissionais na plataforma.

A Docol, empresa de metais sanitários, também gera muitos resultados com treinamento online. A adoção de uma plataforma ead para treinamento possibilitou que eles capacitassem seus colaboradores sobre os diversos produtos da empresa de forma padronizada.

O Twygo, nossa plataforma EAD, possui todas as funcionalidades que você deseja precisa para implementar treinamento corporativo a distância. Entre em contato e não deixe de economizar tempo e dinheiro com essa prática.

Plataforma EAD para Educação Corporativa saiba mais v02

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *