Todo colaborador possui experiências pessoais e profissionais muito particulares, que acabam moldando suas características comportamentais dentro do ambiente de trabalho. No entanto, ao chegar em uma nova organização, o colaborador precisa adequar essas características comportamentais de acordo com os valores da organização. Para isso, as empresas têm apostado em um tipo de treinamento diferenciado, o treinamento comportamental.

Quer saber mais sobre como isso acontece? Acompanhe nosso texto para aprender:

 

O que é Treinamento Comportamental?

Treinamento comportamental é o processo de aperfeiçoar as atitudes e habilidades comportamentais dos colaboradores de acordo com os princípios da organização.

Para a empresa é muito bom ter uma equipe heterogênea, ou seja, com colaboradores que possuem muitas diferenças entre si, afinal, assim eles podem trazer diferentes visões e ideias para o negócio. No entanto, é importante que, mesmo com essas diferenças, os colaboradores estejam de acordo com os valores da instituição e tenham uma postura ética que lhes permitam trabalhar em grupo e conviver em harmonia.

E é para isso que serve o treinamento comportamental: para alinhar esses aspectos entre as equipes de trabalho e para desenvolver o perfil dos colaboradores, corrigindo alguns problemas pontuais, como o absenteísmo, a falta de comunicação, conflitos, e muito mais.

Treinamento comportamental

Apesar de ter um objetivo bastante claro, o treinamento comportamental pode ser confundido com uma tentativa de padronizar os pensamentos dos colaboradores, colocando “tudo em uma caixinha”, mas não se trata disso. Trata-se de um conjunto de práticas que pretendem melhorar a forma com que os colaboradores convivem e executam o seu trabalho, respeitando e valorizando as singularidades de cada um e, inclusive, incentivando a divergência de pensamentos para se chegar a resolução de problemas de forma coletiva.

Para começar a fazer treinamento comportamental na sua empresa é muito importante entender dois aspectos sobre o comportamento dos seus colaboradores:

  • Emoções: os colaboradores possuem muitas emoções, e podem expressar muitas delas durante o dia de trabalho. O que eles precisam não é reprimir essas emoções, mas aprender a equilibrá-las dentro do ambiente de trabalho.
  • Transformações: quando um colaborador entra na empresa ele tem certos sonhos e expectativas, e conforme o tempo passa, ele vai desenvolvendo outros pensamentos e objetivos para sua vida. Cabe à empresa dar todo apoio que ele precisa para sofrer essas transformações comportamentais e alinhar o seu trabalho com os objetivos de vida.
Leia também  5 em 5: descubra os 5 objetivos do treinamento e desenvolvimento em 5 minutos


Viu só como o treinamento comportamental dos colaboradores pode ser mais complexo do que você imagina? Para te ajudar a entender melhor como isso pode ser aplicado na prática, listamos abaixo alguns exemplos de treinamentos comportamentais que podem ser aplicados na sua organização.

Benchmarking de treinamento e desenvolvimento

Exemplos de Treinamento Comportamental


Como fazer uma boa gestão de tempo
Conteúdo:
benefícios de fazer uma boa gestão do tempo, técnicas de gestão do tempo, como otimizar o tempo gasto com tarefas repetitivas, como priorizar tarefas.
Carga horária: 4 horas


Ética no ambiente de trabalho
Conteúdo:
o que é ética e como aplicá-la ao ambiente de trabalho, quais os princípios éticos da organização.
Carga horária: 2 horas


Inovação e criatividade no setor de marketing
Conteúdo:
o que é inovação e criatividade, como os profissionais do setor de marketing podem utilizar esses conceitos para sair na frente da concorrência.
Carga horária: 2 horas


Comunicação
Conteúdo: importância da comunicação dentro do ambiente de trabalho, como funciona a comunicação dentro da empresa e técnicas de comunicação efetiva.
Carga horária: 3 horas


Exemplos de treinamento comportamental

Os exemplos que trouxemos acima mostram como o treinamento pode melhorar aspectos pontuais do comportamento dos colaboradores. No entanto, quando a empresa adota o treinamento comportamental de forma contínua, muitos são os benefícios para a organização. Confira quais:

Quais os benefícios de fazer Treinamento Comportamental?

Postura profissional

A postura profissional é o conjunto de hábitos, atitudes e ética que o profissional toma no ambiente de trabalho.

O treinamento comportamental auxilia para que os colaboradores se ajustem à cultura organizacional e desenvolvam uma postura profissional de acordo com as políticas da empresa. Desta forma, fica mais claro para o colaborador o que a empresa espera dele e ele poderá executar o seu trabalho de forma adequada.

Autoconhecimento

O autoconhecimento é um aspecto muito importante do comportamento dos colaboradores. Quando os profissionais têm um conhecimento maior sobre si mesmos, seus sentimentos, gostos e hábitos é possível desenvolver uma maior inteligência emocional, conhecer seus limites e aprender a lidar melhor com as situações que podem surgir no caminho.

Leia também  Conheça os Principais Tipos de Treinamento e Desenvolvimento

Além disso, através do desenvolvimento do autoconhecimento, os colaboradores terão mais informações para entender qual o seu verdadeiro propósito dentro da empresa, quais suas principais habilidades e no que ele ainda precisa se desenvolver.

Harmonia no ambiente de trabalho

Com treinamentos sobre comunicação, relações interpessoais e resolução de conflitos, os colaboradores terão mais facilidade para receber e dar feedbacks, respeitar opiniões divergentes das suas e, consequentemente, os conflitos no ambiente de trabalho diminuirão.

Redução de turnover

O turnover ainda é um dos maiores problemas que os RHs enfrentam na atualidade. Turnover significa rotatividade de trabalho, e é quando há muitas demissões e admissões em uma empresa para um mesmo setor em um pequeno espaço de tempo.

Os principais motivos que levam uma pessoa a se demitir são: falta de valorização e reconhecimento, ambiente desagradável, conflitos e má liderança. E a maioria desses aspectos podem ser resolvidos com treinamentos comportamentais.

Entendeu a importância do treinamento comportamental? Agora falta pouco para você implantar na sua empresa. Confira o próximo tópico para saber como fazer isso!

Como montar um treinamento comportamental

Como montar um Treinamento Comportamental?

Confira abaixo como montar treinamentos comportamentais em apenas três passos.

1 – Identificar o perfil dos colaboradores

Alguns treinamentos devem ser ministrados para todos os colaboradores (como os treinamentos básicos de cultura organizacional, por exemplo), há outros, no entanto, que dependerão de alguma necessidade específica (por exemplo: seus colaboradores têm problemas de pontualidade? Se sim, vale a pena investir em treinamentos nesse âmbito). Por isso, primeiro você terá que identificar o perfil dos colaboradores para desenvolver os treinamentos que forem necessários.

Essa identificação pode acontecer através da aplicação de questionários, entrevistas com os gestores e dinâmicas em grupo.

2 – Analisar o que precisa ser melhorado

Depois de identificar os perfis de todos os colaboradores, você deve verificar qual o gap que há entre os perfis identificados e o que a empresa espera desses colaboradores em termos de comportamento. Assim, você poderá entender quais aspectos deverão ser melhorados e quais cursos devem ser ministrados para que essas melhorias aconteçam.

Leia também  Qual a relação entre absenteísmo e rotatividade de pessoas?

Por exemplo: se os colaboradores estão entregando menos tarefas do que deveriam, significa que estão com problemas de produtividade. Logo, você deverá preparar um treinamento sobre gestão do tempo e produtividade.

3 – Organizar o treinamento

Depois de entender quais treinamentos devem ser ministrados, é hora de organizar esses treinamentos. Para isso você deve pensar em:

  • Estruturar o conteúdo: produzir o conteúdo internamente ou contratar uma empresa que os produza para você?
  • Instrutor do treinamento: quem ministrará os treinamentos? Será um gestor da empresa ou um profissional terceirizado?
  • Local: o treinamento será ministrado na própria empresa, em ambiente externo ou em ambiente virtual?
  • Modalidade: a distância, presencial ou híbrido?
  • Depois disso, por fim, você pode formalizar o treinamento através de documentos e acordar com os gerentes de área as cargas horárias dos treinamentos para liberação do pessoal.

Entendeu como o treinamento comportamental é importante e pode trazer muitos benefícios para a sua empresa?

Não deixe também de conferir nosso post com tudo sobre treinamento e desenvolvimento para entender como é possível melhorar ainda mais o desempenho dos seus colaboradores. Se preferir, também é possível fazer download do nosso e-book:

E-book Como implantar práticas de treinamento e desenvolvimento na sua organização

Baixar material rico - Meio

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *