Objetivos do treinamento e desenvolvimento

Atrasos no cumprimento de prazos, entregas sem qualidade, baixa produtividade, alta rotatividade de funcionários e profissionais desmotivados em subprodução. Todos esses fatores podem ter algo em comum: a falta de qualificação da equipe. Tenso, não é? Mas não se descabele: o programa de treinamento e desenvolvimento existe justamente para resolver esse problema! Nesse texto, vamos te mostrar os principais objetivos do treinamento e desenvolvimento. Dê uma olhada:

  • Impulsionar a qualidade na entrega de produtos ou serviços
  • Aumentar a produtividade
  • Reduzir retrabalho
  • Capacitar a equipe para o uso de novas ferramentas
  • Melhorar o clima organizacional

5 objetivos do treinamento e desenvolvimento

Os objetivos do treinamento e desenvolvimento são focados em integrar e qualificar a equipe de modo que as entregas tenham um alto padrão de qualidade, a produtividade seja maximizada e não haja retrabalho por falta de competência. Para isso, desenvolvem-se práticas para capacitar os colaboradores.

Objetivo 1: Impulsionar a qualidade na entrega de produtos ou serviços

1. Impulsionar a qualidade na entrega de produtos ou serviços

Uma empresa pode oferecer serviços ou produtos. Quanto aos serviços, pode treinar seu pessoal para que execute esse serviço da melhor forma. E quanto aos produtos, pode treinar os funcionários para que sejam capazes de produzi-los. Uma rede de fast-food, por exemplo, trabalha com produtos (comidas, bebidas) e com serviços (atendimento, delivery). Logo, treinará os funcionários da produção, para que saibam fazer os produtos com qualidade; e os que oferecem serviços, para desenvolverem sua competência de atendimento.

Tanto os gestores quanto os clientes de uma empresa têm expectativa em relação ao que compram ou contratam, e um grande problema encontrado atualmente é o baixo padrão de qualidade nas entregas. Por isso, é essencial que os profissionais envolvidos na entrega dos produtos ou serviços estejam preparados para executar suas tarefas da melhor maneira possível, de forma eficiente e com qualidade. Mas o que é qualidade, exatamente?

Em termos práticos, qualidade é o grupo das características do que é vendido, que devem superar a expectativa de quem compra.

Podemos observar o histórico de atualizações do sistema operacional mais famoso, o Microsoft Windows. A primeira versão, lançada em 1985, nem se compara às funcionalidades da versão mais atual. Isso indica que, para alcançar mais qualidade no seu principal produto, a Microsoft investiu muito no treinamento de seus funcionários, que foram capacitados para desenvolver um sistema que superasse cada vez mais as expectativas dos clientes.

Leia também  O que é e como montar um Treinamento Motivacional?

Tendo em vista que os objetivos do treinamento e desenvolvimento focam na qualificação da equipe, por meio dela espera-se que o nível de qualidade dos produtos ou serviços cresça.

Objetivo 2: Produtividade

2. Aumentar a produtividade

A produtividade é a chave para o sucesso de qualquer negócio, e o treinamento tem por objetivo impulsiona-la ao máximo. Espera-se que, com o desenvolvimento, o colaborador possa gerir o tempo que tem disponível e produzir mais do que costumava anteriormente.

A empresa beneficia-se bastante desse recurso, já que o investimento na capacitação do funcionário efetivamente gera retorno. Tendo um funcionário mais produtivo, que produz mais e/ou melhor em menos tempo, o empregador não precisará recrutar um adicional para a mesma função, evitando um novo custo.

Um funcionário que sabe a sua função aprende como organizar suas tarefas e como planejar seu dia, e não perderá tempo em processos desnecessários. Não ficará sentado na cadeira do escritório ou circulando sem rumo pelos corredores esperando que seja designado para outra tarefa. A partir do momento que entende o seu lugar e sua função na organização, sente que o seu trabalho é reconhecido e importante.

E-book Como implantar práticas de treinamento e desenvolvimento na sua organização

Perceba que o objetivo do treinamento e desenvolvimento é trabalhar com as competências que já se encontram dentro da empresa, para não ter que procurar fora dela.

Na multinacional Hewlett-Packard (HP) foi adotada uma prática que aumentou a produtividade consideravelmente. O programa Winning with Wellness, proposto pelo RH, convida os funcionários a darem atenção para três pilares da vida: saúde física, financeira e gerenciamento do estresse. No programa, são promovidos incentivos para a adesão a grupos de corrida e caminhada, alimentação a cada três horas, presença em palestras sobre educação financeira, entre outros.

Registrou-se um aumento considerável na produtividade graças ao cuidado com o bem-estar dos colaboradores, além da diminuição do índice de afastamento – 41% a menos. Agora, imagine como seria o resultado da associação do cuidado com o bem-estar ao treinamento específico para a área do seu empregado. Promissor, não?

Objetivo 3: Reduzir retrabalho

3. Reduzir retrabalho

O retrabalho é um sério problema enfrentado nas empresas. Refazer uma determinada tarefa não só desmotiva o responsável por ela, que se frustra com seu rendimento, mas também afeta negativamente o desempenho da empresa na entrega de produtos, serviços, etc. Para ser resolvido, esse problema requer a atenção da área de recursos humanos, no que se refere a treinamento para qualificação da equipe.

Leia também  Tudo que você precisa saber para fazer um bom LNT (Levantamento de Necessidades de Treinamento)

O treinamento e desenvolvimento da equipe são capazes de minimizar o retrabalho, pois solucionam os pontos problemáticos que o geram. Por exemplo, o gestor pode ser treinado no sentido de acompanhar os processos e delegar tarefas, fazendo com que o funcionário receba uma ordem mais clara, e este pode passar por treinamentos onde as competências exigidas em suas tarefas sejam desenvolvidas.

Agora há pouco falamos sobre a importância do treinamento e desenvolvimento para a qualidade dos produtos e serviços de uma rede de fast-food. Você se lembra de, alguma vez, ter pedido um lanche de uma forma, receber de outra e então ter que pedir que ele fosse refeito?

Aí é que entra o objetivo do treinamento e desenvolvimento com foco na redução do retrabalho. Quando a equipe de atendimento é bem treinada, o pedido será registrado corretamente, e quando a equipe de produção também é treinada, poderá preparar o produto de forma eficiente. Assim, a qualificação da equipe evitará que os pedidos tenham que ser refeitos.

Objetivo 4: Capacitar a equipe para o uso de novas ferramentas

4. Capacitar a equipe para o uso de novas ferramentas

Todos os dias surgem novos jeitos de fazer as coisas, de maneira mais eficiente, mais rápida e com menor custo. A internet, por exemplo, disponibiliza inúmeras ferramentas para auxiliar nos mais variados processos, que têm sido gradativamente inseridos nas empresas de pequeno, médio e grande porte.

Tomando como exemplo o contexto de uma rede de supermercados, suponha que os funcionários utilizem um sistema ultrapassado para registrar os produtos e efetuar a cobrança ao cliente. Um certo dia, decide-se que esse sistema será trocado por um mais recente, com mais funcionalidades e que atenda perfeitamente ao interesse da empresa. Nesse caso, os funcionários precisarão passar por um treinamento para serem capazes de trabalhar com o novo sistema.

Outro contexto que foi muito transformado pelas novas ferramentas foi o bancário. Primeiramente, surgiram os caixas eletrônicos, seguidos pelo Internet Banking e finalmente pelos aplicativos móveis de acesso às contas. Com certeza, a implantação desses sistemas demandou um grande esforço da organização, até que toda a equipe estivesse capacitada a atender o público e lidar com as novas funcionalidades oferecidas.

Leia também  O que é e como fazer Treinamento Comportamental

Percebe que, apesar da complexidade dos processos de treinamento e desenvolvimento, no final a empresa, os funcionários e os clientes saem ganhando?

Objetivo 5: Melhorar o clima organizacional

5. Melhorar o clima organizacional

Sem dúvidas, a qualidade do clima organizacional é um fator determinante na motivação do funcionário e, consequentemente, na sua produtividade e proatividade. Um dos fatores que compõem o clima organizacional é justamente a qualidade da comunicação.

Se o líder confia nos liderados e estes sentem-se confortáveis e reconhecidos pelos líderes, a comunicação entre as duas partes será fluida.

Sendo assim, os treinamentos que objetivam a melhora do clima organizacional trabalham tanto com a perspectiva do líder quanto com a perspectiva do liderado. Para os líderes, incentivam-se treinamentos de liderança, envolvendo a capacitação para melhores tomadas de decisão e mais empatia com os colaboradores. Para os liderados, é válido o treinamento de gerenciamento de tempo, que como consequência diminui o estresse. O objetivo geral desses treinamentos é, em geral, qualificar os envolvidos para promover uma boa relação entre pessoas e equipes.

O próprio exemplo das intervenções feitas na HP, citado agora há pouco, também ajuda a entender a importância de um cuidado com a atmosfera de trabalho. Um líder que sabe desses detalhes tornará o clima organizacional de sua empresa muito mais agradável.

Enfim… Criar e desenvolver competências!

Todos os objetivos do treinamento e desenvolvimento descritos nesse artigo encontram-se em prol da qualificação das competências técnicas e comportamentais de cada funcionário. Acesse e-book post completo sobre gestão por competências e saiba tudo sobre esse assunto. E-book gestão por competências

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *