Mentoria: entenda como funciona e acelere a entrega de resultados na sua empresa

Receba nossas novidades
Newsletter
mentoria-destaque

Já pensou como seria se os profissionais mais experientes da sua empresa capacitassem os iniciantes? Quem melhor para ensinar do que alguém com amplo conhecimento na área, não é mesmo? É dessa ideia que parte o conceito de mentoria, uma forma de capacitar pessoas por meio do relacionamento com quem já possui prática e conhecimento em determinado assunto.

Cada vez mais as empresas buscam formas de criar programas de mentoria internamente, e é por isso que fizemos esse post. Nele, vamos ensinar tudo para que você seja capaz de estruturar um programa de mentoria na sua organização!

O que é mentoria?

Mentoria é uma forma de capacitar pessoas por meio do aprendizado com alguém mais experiente na área. O mentor é, geralmente, um profissional com perfil sênior na função ou em algum tema específico, enquanto o mentorado é um iniciante.

O mentor atua como um professor, não apenas para ensinar habilidades técnicas, mas também para ensinar habilidades comportamentais e ajudar no desenvolvimento da carreira do profissional.

Ele acompanha o mentorado ao longo do seu desenvolvimento; ensinando, apoiando, tirando dúvidas e garantindo a evolução do profissional.

Um programa de mentoria é uma poderosa ferramenta de desenvolvimento profissional. Afinal, ela permite que os iniciantes aprendam com pessoas que já passaram pelas mesmas situações no trabalho e que, hoje, são muito mais sábios e capazes de ajudar quem está começando.

Dito isso, podemos diferenciar mentoria de alguns outros conceitos. Veja:

Mentoria e consultoria: diferença

Qual é a diferença entre mentoria e consultoria? Em geral, consultorias trabalham a empresa como um todo. Elas analisam o negócio para mapear a situação que o cliente enfrenta, identificam problemas e fazem uma proposta de solução a partir dessa análise.

A data de início e fim de uma consultoria é clara e estabelecida em contrato, assim como as entregas e serviços que serão prestados ao longo do relacionamento com a empresa contratante.

A mentoria, por sua vez, é oferecida por um profissional com conhecimento específico que busca desenvolver uma única pessoa ou um grupo pessoas. O mentor compartilha experiências e instrui um profissional com base nas próprias vivências.

É comum que empreendedores iniciantes contratem mentorias para dar os primeiros passos, enquanto consultorias são mais comuns em empresas já consolidadas.

Em resumo, podemos dizer que a mentoria é um aconselhamento profissional, enquanto a consultoria é um serviço voltado à resolução de problemas empresariais.

Veja também: Tutoria EAD: entenda como potencializar o desenvolvimento de pessoas com um tutor

Mentoria e coaching: diferença

E qual é a diferença entre mentoria e coaching? A diferença é ainda maior. O mentor é alguém experiente em determinado campo de atuação. Ele faz um aconselhamento profissional para o mentorado, ensina questões técnicas sobre a realização do trabalho, dá dicas de carreira e busca a capacitação do profissional.

O coach, por sua vez, trabalha os aspectos motivacionais das pessoas. Ele busca incentivar o indivíduo a dar o melhor naquilo que faz, mas não possui, necessariamente, experiência no campo de atuação do cliente. Portanto, não cabe a ele oferecer treinamento técnico ou capacitação profissional.

Mentoria coletiva

Outro conceito que orbita esse assunto é mentoria coletiva. Uma mentoria é coletiva quando o mentor oferece os serviços para um grupo de profissionais, ao invés de acompanhá-los individualmente.

Isso é útil em casos nos quais várias pessoas precisam de orientação no mesmo campo de conhecimento. Assim, vários profissionais obtém informação simultaneamente.

Em quais casos a mentoria é útil?

Mentoria é uma excelente forma de fazer o onboarding de novos colaboradores. Um profissional mais experiente do time – que pode ou não ser o líder – pode ajudar o novo colaborador a se desenvolver na função.

Porém, não é só nesse cenário que uma mentoria é benéfica em uma empresa. Ela também pode ajudar em processos de promoção e mudanças de cargo em geral, ou em projetos de resolução de problemas específicos. Sempre que um colaborador assumir um novo desafio, a mentoria pode ser um fator determinante para que ele obtenha sucesso.

webinar-onboarding-de-colaboradores

Listamos, a seguir, todos os benefícios que uma programa de mentoria pode trazer para a sua empresa. Veja:

Benefícios da mentoria

Diminui a curva de aprendizagem

Um dos principais benefícios da mentoria é que ela ajuda a encurtar a curva de aprendizagem.

Quando um profissional é “jogado aos leões” sem nenhum tipo de orientação, é muito mais provável que ele cometa erros, demore até aprender a fazer certas atividades, e tenha dificuldade de encontrar atalhos e segredos da profissão.

Um mentor, com toda a experiência adquirida ao longo dos anos, pode repassar esse conhecimento para o iniciante, tornando a aprendizagem mais rápida e o processo mais simples.

Permite aprender com os erros dos mais experientes

Há quem diga que só é possível aprender errando. Mas aprender com os erros dos outros é melhor ainda, para que não seja preciso errar.

Esse é um dos benefícios da mentoria: um mentor pode ensinar ao aprendiz sobre os erros que já cometeu ao longo da carreira, para que o novo profissional não os cometa também.

Ajuda no desenvolvimento pessoal

Diferentemente de um simples treinamento ou curso isolado, a mentoria ajuda no desenvolvimento pessoal e profissional como um todo. Ou seja, o mentor não vai apenas treinar uma habilidade ou outra e depois deixar o aprendiz à própria sorte.

Na verdade, cabe ao mentor acompanhar o processo de aprendizagem e manter um processo de capacitação continuada conforme a evolução do mentorado.

Agrega conhecimento de quem realmente sabe

Um programa de mentoria permite que o novo profissional aprenda com quem realmente sabe: quem possui ampla experiência, conhece técnicas e ferramentas e já esteve na mesma posição que o aprendiz está hoje.

Ajuda na capacitação a longo prazo

Algumas tarefas não podem ser realizadas a partir de um simples treinamento ou curso pontual. Às vezes, é necessário desenvolver um profissional a longo prazo até que ele consiga se tornar excelente nas funções que ocupa.

Nesses casos, uma mentoria é ideal, já que o mentor acompanha o aprendiz a longo prazo, durante todo o processo de aprendizagem.

Gera um processo de aprendizagem adaptativa

Cada pessoa aprende a própria maneira. Uns demoram mais tempo, outros menos. Uns já conhecem alguns conceitos da área que estão desbravando, outros não conhecem nada. Uns precisam de determinados treinamentos, outros podem precisar de treinamentos diferentes.

O interessante da mentoria é que ela permite que o mentor guie cada profissional conforme as necessidades de aprendizado que apresenta. Isso gera um programa de aprendizagem adaptativa, no qual as necessidades, limites e interesses de cada aluno são respeitados.

Viu como um programa de mentoria pode ser útil? Agora que você entendeu todo o conceito de mentoria e como ele ajuda as organizações, é hora de colocar a mão na massa e estruturar um programa de mentoria dentro da sua organização!

acelerar-mudanças-organizacionais-com-desenvolvimento-de-pessoas

Como estruturar um programa de mentoria na minha empresa?

Um programa de mentoria pode ser totalmente informal ou um projeto altamente organizado. Independentemente do caminho que a sua empresa seguir, há uma série de pontos que devem ser levados em conta:

1. Quem será o responsável pelo programa de mentoria?

Se o programa será estabelecido formalmente na empresa, é preciso um responsável que responda por questões relacionadas ao programa. Pode ser alguém do RH ou mesmo algum gestor; tudo depende da estrutura organizacional.

Essa pessoa vai supervisionar o programa, verificar indicadores, solucionar problemas, dar sugestões, supervisionar mentores e mentorados e garantir que tudo funcione como planejado.

2. Quem serão os mentorados?

Quem serão os mentorados dentro da sua empresa? Podem ser os novos colaboradores, pessoas que estão mudando de cargo ou sendo promovidos, podem ser futuros líderes, ou qualquer outra categoria de profissionais que precisam desse tipo de treinamento.

3. Quem serão os mentores?

Da mesma forma, é fundamental definir quem serão os mentores. Não deixe de levar em conta fatores como:

  • Experiência profissional;
  • Didática;
  • Habilidade de liderança;
  • Temas que cada um domina;
  • Disponibilidade.

4. Como será a mentoria?

Há várias ferramentas, práticas e tecnologias que podem ser utilizadas em um programa de mentoria.

Há o estilo de mentoria no qual o aprendiz assiste o mentor realizando a atividade para aprender e ser capaz de desempenhá-la posteriormente. Em contrapartida, há métodos nos quais o mentorado realiza a atividade sob supervisão do mentor, que aponta os erros e corrige as falhas.

O mentor também pode fazer o acompanhamento propondo desafios, reuniões de feedback, dicas, sessões de bate papo etc.

Além disso, o mentor pode recomendar cursos e video-aulas e atribuir trilhas de aprendizagem para ajudar no desenvolvimento do mentorado. Uma plataforma de ensino pode ajudar a manter tudo sob controle e gerar indicadores úteis para o mentor.

5. Quais indicadores levarei em conta?

Ao estruturar um programa de mentoria, é necessário saber como mensurar seu sucesso ou insucesso. Comece definindo os objetivos do programa de mentoria: quais são os pontos que você deseja melhorar na empresa? Quais os problemas que você deseja resolver? Quais são as habilidades a serem ensinadas?

A partir da definição desses objetivos, você pode verificar indicadores que mostram se eles foram atingidos ou não.

Por exemplo, se o seu objetivo com o programa de mentoria é acelerar o tempo do onboarding de novos profissionais, o indicador a ser acompanhado é o tempo de onboarding. Se ele diminuir de fato, o programa de mentoria foi bem-sucedido.

CTA-indicadores-de-treinamento

E então, pronto para implantar um programa de mentoria na sua empresa? Investir no conhecimento é uma excelente forma de melhorar o desempenho dos colaboradores. Pensando nisso, fizemos um webinar sobre gaps de competências que explica como preencher as lacunas de conhecimento para que a sua empresa atinja o sucesso. Assista agora clicando no banner abaixo!

gaps-de-competencia-CTA

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentários
Show Buttons
Hide Buttons