Escolher as ferramentas de trabalho certas para a equipe é um grande passo para garantir bons resultados. Nessa hora, é preciso analisar as reais necessidades da equipe e comparar com o que cada opção oferece, além de testá-las na prática e ver se tudo que é ofertado faz sentido para a sua empresa (afinal, assim como não vale a pena optar por ferramentas incompletas, também não faz sentido gastar com funcionalidades desnecessárias). Pensando nisso, preparamos este post para te ajudar a encontrar o melhor CRM para a sua empresa. Vamos começar?

O que um CRM deve ter?

Todo CRM busca colocar os clientes como protagonistas do processo comercial, de modo que os vendedores construam uma abordagem que atenda as necessidades específicas de cada consumidor.

Para isso, é necessário manter registros e informações de cada cliente, bem como um histórico de interações trocadas com a empresa – afinal, nenhum vendedor consegue lembrar de tudo sozinho. As ferramentas de CRM tornam-se muito importantes nesse contexto, pois garantem que nenhuma informação se perca ou seja esquecida, facilitam a rotina dos vendedores por permitirem o envio de e-mails ou ligações dentro da própria plataforma e ainda ajudam os gestores a terem mais controle sobre o desempenho da equipe.

Entenda quais funcionalidades tornam isso possível:

Linha do tempo de cada contato

Uma das vantagens de utilizar sistemas CRM é que eles munem os vendedores de informações úteis para construir abordagens adequadas ao perfil de cada cliente: nesse sentido, quanto maior for número de dados sobre cada oportunidade, melhor será o atendimento.

Para isso, o CRM deve ter a possibilidade de montar uma “linha do tempo” de cada contato, em que o vendedor possa acessar tanto as informações biográficas do cliente (como o nome, o e-mail, o telefone, a empresa em que trabalha) quanto o histórico de comunicações dele com a empresa.

Ao fazer uma ligação para entender melhor as necessidades do consumidor, o vendedor precisa ser capaz de registrar as conclusões obtidas no CRM, tanto para ele não esquecer quanto para, caso o contato seja transferido para outro vendedor, ele não tenha que fazer as mesmas perguntas novamente.

Acesso em dispositivos móveis

Hoje, é fato que os dispositivos móveis (tablets e smartphones) fazem parte da rotina de qualquer pessoa. Se os seus vendedores costumam fazer visitas a clientes, eles precisam ter o poder de acessar o CRM a partir de seus celulares para relembrar informações sobre a negociação ou mesmo enviar propostas personalizadas sem precisar estar com o computador em mãos.

Ter esse recurso agiliza a rotina e permite que os profissionais de vendas otimizem o tempo que passariam se locomovendo, por exemplo, para oferecer um atendimento de mais qualidade.

Envio de e-mails dentro da plataforma

A presença de diversas ferramentas digitais na rotina deve ser algo que a torne mais produtiva, e não mais trabalhosa, concorda? Se o seu vendedor precisar utilizar 10 abas diferentes no dia a dia, provavelmente perderá um tempo que, se somado, se tornará um grande desperdício no final do mês.

Imagine só: para enviar um e-mail de dentro do CRM, o vendedor terá que clicar no perfil do cliente, escolher a mensagem dentre os modelos, personaliza-la e clicar em enviar. Agora, para fazer esta mesma atividade sem um CRM, o vendedor terá que procurar e copiar o e-mail do cliente, abrir o aplicativo de e-mails, colá-lo no campo destinatário, criar uma nova mensagem, enviá-la, e então registrar o que fez na planilha de acompanhamento. Muito mais trabalhoso, não é?

Indicadores de desempenho

Além de ser importante na rotina do vendedor, o CRM também tem uma função essencial na vida do gestor: permitir uma visão rápida e organizada sobre o desempenho das vendas. Calcular indicadores na mão ou lidar com planilhas consome um tempo que poderia ser aproveitado de uma maneira muito mais estratégica. Por isso, obter indicadores automáticos e personalizáveis deve ser uma prioridade na hora da escolha do seu CRM.

Funil de vendas claro

Por último, mas não menos importante, o funil de vendas: é lógico que qualquer CRM terá um, mas nem todos são visualmente claros. Quando for analisar os opções de CRM, certifique-se de que haverá a possibilidade de analisar as oportunidades em andamento no formato Kanban, que separa os contatos em estágios, como esse:

funil-de-vendas-fleeg

Agora que você já sabe o que é importante analisar na hora de escolher o melhor CRM para a sua equipe, vamos te apresentar algumas opções. Confira:

Conheça os 7 melhores CRM do mercado

1. Fleeg

A primeira plataforma da nossa lista é o Fleeg, um software brasileiro que conta com todos os recursos que mencionamos aqui no post. Possibilidade de gerenciar o funil de vendas, o kanban de vendas para organizar as oportunidades em andamento, o dashboard com indicadores de desempenho em tempo real, o envio de e-mails de dentro da plataforma e a organização dos dados dos clientes.

Com ele, é possível criar uma linha do tempo de cada contato, incluindo registros das interações e informações trocadas, adicionar anexos (como propostas comerciais, por exemplo) e programar tarefas para não esquecer de fazer follow-ups numa data específica.

Em termos de gestão de vendas, o Fleeg possibilita o cálculo do funil de vendas atual e projetado, ajudando o gestor a visualizar quanto falta para a equipe atingir as metas e a antecipar ações de recuperação caso o desempenho esteja abaixo do esperado, além de permitir extração de relatórios em formato Excel.

fleeg-melhores-crm

Além disso, o Fleeg tem um design simples e fácil de usar, o que facilita a rotina dos usuários, e pode ser utilizado tanto no desktop quanto em dispositivos móveis. Há a possibilidade de integrá-lo ao Zoiper e a ferramentas de BI, bem como de personalizá-lo conforme o processo comercial da sua empresa.

O diferencial do Fleeg fica pelo fato de ele já contar com a gestão de leads do marketing inclusa na plataforma, evitando que os usuários tenham que contratar e integrar outras plataformas para gerenciá-los (como o RDStation ou o ExactSpotter, por exemplo).

2. ZohoCRM

O ZohoCRM é uma opção americana de CRM que oferece uma grande variedade de tipos de indicadores e métricas para aumentar a visibilidade sobre o desempenho das equipes de vendas – afinal, tomadas de decisão devem ser baseadas em informações abrangentes e confiáveis, concorda?

Uma das principais apostas desta plataforma é fazer com que os vendedores possam automatizar tarefas rotineiras para liberar mais tempo no dia para focar no que realmente importa: relacionar-se com os clientes. Isso se torna realidade com o envio de e-mails programados, por exemplo.

Ele também oferece a possibilidade de cálculo do funil de vendas atual e projetado, facilitando o forecast de vendas e a obtenção de insights sobre onde o processo comercial pode melhorar para atingir melhores resultados. Com o ZohoCRM, também é possível fazer integrações com outras ferramentas do mercado (como redes sociais, GSuite, Office 365 e disparadores de e-mail) e customizar a plataforma de acordo com as necessidades da equipe.

3. Pipedrive

O Pipedrive aposta na simplicidade para oferecer ferramentas de organização de contatos e mensuração de resultados em vendas.

Similar a outras opções do mercado, ele também oferece o recurso de Kanban de vendas para organizar as oportunidades em andamento, lembretes de follow-ups, atividades automáticas e integração com outras ferramentas de automação de marketing. É possível integrar a agenda e o e-mail de cada vendedor à plataforma, marcar agendas e enviar e receber e-mails de dentro do CRM, o que torna a rotina de trabalho menos burocrática.

print-pipedrive

Para os gestores, há uma versão exclusiva da plataforma que mostra o dashboard de indicadores, o funil de vendas, o alcance das metas individuais e de equipe e insights importantes para contribuir na visão do desempenho da equipe.

O Pipedrive também permite a personalização de relatórios, para que o gestor possa criar visões diferentes apenas com os dados que julgar necessários e compartilhá-las com quem quiser.

4. Moskit

O Moskit é um CRM brasileiro que se destina à pequenas e médias empresas em busca de um CRM simples, mas que forneça informações precisas e se integre com plataformas de gerenciamento de leads. Apesar de ser mais organizado e rentável quando a solução já comporta os leads desde o marketing até o pós vendas (como é o caso do Fleeg, por exemplo), a opção de integrar dois softwares é possível.

Assim como o Pipedrive, o Moskit permite a personalização de relatórios gerenciais, acompanhamento de metas, visualização do funil de vendas e personalização de campos, dando ao gestor a possibilidade de gerenciar a equipe com base em dados completos e em tempo real.

Para o vendedor, o Moskit oferece recursos como envio de e-mails de dentro da plataforma, agendamento manual de novas atividades, visualização da agenda em formato de calendário, integrações com WhatsApp, Hangouts, Google Agenda, Google Contatos e diversas outras opções por meio do Zapier.

5. Salesforce Sales Cloud

O Sales Cloud é, provavelmente, a opção de CRM mais famosa entre as que citamos nesta lista. Ele conta com uma grande variedade de funcionalidades para atender, principalmente, grandes empresas que demandam uma plataforma mais robusta.

Com esta ferramenta, é possível gerenciar contatos e oportunidades, visualizar dashboards e funis de vendas, realizar forecast de vendas e obter insights com a ajuda de Inteligência Artificial. Há a possibilidade de contratação da solução de automação de marketing da Salesforce para gerenciar também os leads antes de eles entrarem em contato com os vendedores — assim, os dados são integrados entre as duas soluções.

salesforce-crm

Outra funcionalidade interessante é a de obtenção de informações das redes sociais dos clientes, que permite que os vendedores entendam melhor o perfil de cada oportunidade. Há, também, a possibilidade de entrar em contato com os clientes de dentro da plataforma, seja por meio de ligações ou de e-mails.

O vendedor também pode utilizar o recurso de Visual Workflow para criar processos de aprovação de descontos, condições especiais ou outras despesas, e fazer tudo isso por meio da aplicação mobile do Sales Cloud.

6. Hubspot CRM

Uma outra opção que pode interessar a pequenas e médias empresas é o CRM da Hubspot. A plataforma promete uma implantação rápida e uma adaptação simples, prezando pela otimização do tempo da equipe de vendas.

Para isso, o Hubspot CRM oferece automação de tarefas repetitivas, a visualização fácil dos negócios em andamento em um painel Kanban e o registro automático de todas as interações com os clientes (sejam elas por e-mail, ligação ou redes sociais) na linha do tempo de cada um.

Além disso, os vendedores também podem programar e enviar e-mails de dentro da plataforma, criar modelos reutilizáveis e verificar o desempenho dos envios (quantos foram abertos, quantos foram clicados etc.), bem como realizar chamadas e gravá-las. Já os gestores podem ter acesso a previsões do funil, gerenciar indicadores e acompanhar o andamento das metas em tempo real.

Integrando o CRM ao Hubspot Marketing Hub, a solução de marketing da Hubspot, é possível ter uma visão mais abrangente do perfil de cada lead (entendendo o caminho que ele percorreu até entrar em contato com a equipe de vendas), mas a solução é comercializada à parte.

7. Piperun

A última seleção da nossa lista é o Piperun, outro CRM brasileiro que promete otimizar o processo comercial de empresas focadas em inside sales.

Com possibilidade de visualizar as oportunidades do funil no formato Kanban, o Piperun oferece uma experiência simples e intuitiva aos usuários, que podem padronizar e automatizar tarefas repetitivas (como o agendamento de follow-ups e o envio de e-mails) e agrupar informações sobre os contatos diretamente no “perfil” de cada um: cadastros, e-mails, ligações, propostas, documentos etc.

O Piperun também permite o envio de e-mails de dentro da plataforma, permite saber se o cliente abriu a mensagem e se clicou nos links e possibilita ao assinatura digital de documentos sem necessidade de contratação de ferramentas externas. Ao fazer ligações de dentro da ferramenta, o usuário pode escolher se irá gravá-la ou não, podendo manter o registro dentro do perfil da oportunidade.

É possível integrá-lo ao Facebook, LinkedIn, a formulários do site e a ferramentas de inbound para receber leads e até mesmo importar planilhas.

Como você pôde ver, a maioria dos sistemas CRM compartilha algumas características em comum. A presença de dashboards, funis de vendas e a possibilidade de integração com ferramentas externas de comunicação e importação de leads é quase que universal. Porém, há opções que se diferenciam, oferecem a possibilidade de organizar o funil de vendas em Kanban e até mesmo de integrar o processo de vendas ao marketing, facilitando a comunicação entre os times.

Se desejar entender melhor como isso ocorre, faça um teste grátis do Fleeg!

crm-inteligente-fleeg

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *