O que é e como fazer Gestão de Pessoas por Competências

Receba nossas novidades
Newsletter
O-que-é-e-como-fazer-Gestão-de-Pessoas-por-Competências-light

As mudanças tecnológicas no mundo e as transformações das relações de trabalho obrigaram o departamento de Recursos Humanos (RH) a mudar a forma de fazer o gerenciamento dos colaboradores. A alternativa encontrada para fazer essa gestão de modo a acompanhar as mudanças contemporâneas foi adotar o modelo de gestão de pessoas por competências.

Acompanhe nosso texto para saber mais!

A seguir você vai aprender:

O que é competência?

No dicionário Aurélio encontramos a seguinte definição para competência: Capacidade, suficiência (fundada em aptidão).

No mundo da gestão de pessoas, competência é o conjunto de conhecimentos, habilidades e atitudes (CHA) que caracterizam aptidões que os colaboradores precisam ter para contribuir com a empresa.

Existem alguns tipos de competências que todos os colaboradores precisam ter ou desenvolver, como: determinação, controle emocional, vontade de aprender e criatividade. Mas há outras competências que precisam ser desenvolvidas para ocupar cargos específicos na empresa.

Essas competências dividem-se em:

  • Competências individuais, referentes aos conhecimentos, habilidades e atitudes que cada colaborador possui.
  • Competências funcionais, referentes aos conhecimentos, habilidades e atitudes que cada função/cargo da empresa requer.
  • Competências organizacionais, competências da organização, que todos devem ter para poder trabalhar na empresa.

Se você quer saber mais sobre esse conceito, confira nosso texto sobre o assunto: O que são Competências?

O que é gestão de pessoas por competências?

Gestão de pessoas por competências é um sistema para gerenciar os diferentes tipos de competências dos profissionais da organização, a fim de auxiliar a empresa a alcançar seus objetivos estratégicos.

Esse sistema é uma inovação em relação ao que o setor de RH costumava fazer.

Antigamente os colaboradores que mais se destacavam eram aqueles que tinham capacidade de obediência e que cumpriam ordens, no entanto, isso mudou. Hoje os colaboradores que mais se destacam são aqueles que conseguem contribuir com a organização através de ideias e inovação.

Por isso a gestão de pessoas por competências é tão importante: ela cria práticas para que o colaborador participe ativamente do futuro da organização, contribuindo para que ela atinja sua visão de futuro.

A gestão de pessoas por competências inclui: selecionar talentos com competências, criar práticas que estimulem o desenvolvimento das competências necessárias na organização, fazer avaliação das competências e criar sistemas de recompensa para profissionais que se destacarem no sistema de gestão de competências.

gestao-por-competencias-CTA

Algumas empresas pecam por focar apenas em desenvolver competências mais técnicas e não desenvolver competências comportamentais nos seus colaboradores, como: relação interpessoal, empatia, liderança e criatividade.

Para que isso não aconteça, acompanhe nosso texto e veja como implantar o modelo de gestão de pessoas por competências de um jeito que você possa desenvolver todas as competências necessárias aos seus colaboradores.

Como implantar o modelo de gestão de pessoas por competências?

Podemos dividir a implantação e manutenção do modelo de gestão de pessoas por competências nas seguintes etapas:

1 – Mapeamento de competências

O primeiro passo para fazer gestão de pessoas por competências é definir quais competências precisam ser desenvolvidas para que a organização consiga atingir seus objetivos estratégicos. Para isso, é preciso fazer o mapeamento de competências.

O mapeamento é o levantamento de todas as competências necessárias que a empresa precisa desenvolver para alcançar sua visão de futuro. Algumas organizações já possuem algumas competências desenvolvidas, por isso muitas vezes esse mapeamento também identifica o gap entre as competências necessárias e as já existentes.

Esse mapeamento pode ser feito através de:

Depois disso basta analisar esses dados e elaborar uma lista de competências, observando as competências que a organização já possui, as que ela precisa desenvolver e as competências referentes a cada cargo da empresa.

Para saber mais leia nosso texto completo sobre o assunto: O que é e como fazer Mapeamento de Competências.

2 – Aplicação do método

A segunda etapa para implantar o modelo de gestão de pessoas por competências é aplicar o método efetivamente.

E o que isso significa?

Significa que a empresa deve criar práticas para que as competências dos colaboradores possam ser desenvolvidas.

Essas práticas podem ser feitas de diversas formas:

  • Gestão do Conhecimento

Estimular a troca de conhecimento entre colaboradores, através de conversas, aulas e outras práticas.

Esse método é muito utilizado para fazer o desenvolvimento de competências porque gera um alinhamento entre os colaboradores, afinal, sempre há alguma coisa para aprender com o outro.

  • Programa de Treinamento e Desenvolvimento

Programa de Treinamento e Desenvolvimento é uma área da empresa para treinar e desenvolver os colaboradores dentro do ambiente organizacional.

Através dela é possível criar treinamentos para desenvolver as competências dos colaboradores, desde as competências mais técnicas até as mais comportamentais.

Se você quer saber mais sobre esse assunto, confira nosso e-book: Como implantar práticas de Treinamento e Desenvolvimento na sua organização.

E-book Como implantar práticas de treinamento e desenvolvimento na sua organização

Todas essas práticas devem estar alinhadas com os gestores de área, pois desenvolver as competências dos colaboradores não é papel apenas da área de recursos humanos.

3 – Avaliação e manutenção

O terceiro e último passo para implantação desse método é geralmente esquecido. Isso porque geralmente as empresas não se preocupam em mensurar, periodicamente, como está o desenvolvimento das competências dos seus colaboradores.

De tempos em tempos é necessário fazer uma avaliação novamente e reformular as práticas conforme os profissionais forem atingindo as competências necessárias.

Quer implantar o modelo de gestão de pessoas por competências? Confira também as vantagens e comece ainda hoje!

Vantagens de fazer gestão de pessoas por competências

Melhora o ambiente organizacional

O modelo de gestão de pessoas por competências garante uma melhora no ambiente organizacional. Isso acontece porque os colaboradores serão mais valorizados e terão a oportunidade de se desenvolverem dentro do próprio ambiente de trabalho.

Gera mais clareza ao trabalho dos colaboradores

O desenvolvimento de competências também gera maior clareza aos colaboradores, já que eles poderão fazer o seu trabalho de acordo com a missão, visão e os valores da organização.

Agrega valor econômico à empresa

Toda empresa sonha em expandir seus negócios e alcançar os objetivos estratégicos. Atingir esses objetivos significa que ela cresceu e está em um patamar desejado. Por isso, estimular a gestão de pessoas por competências garante que a empresa consiga agregar um valor econômico, já que a qualidade de trabalho dos colaboradores será melhor e a produção maior.

Transforma a vida pessoal e profissional do colaborador

Desenvolver as competências de cada colaborador garante evolução pessoal e profissional a eles. Afinal, os colaboradores aprenderão novas estratégias para desenvolver seu trabalho e aprenderão novas competências, que serão levadas para a vida toda.

Quer saber mais sobre como medir os resultados da gestão por competências e entender quais são os tipos? Leia nosso texto completo sobre o assunto: Gestão Por Competências: o que é, importância e como implantar definitivamente na sua organização.Ou se preferir, faça o download desse post em formato de e-book clicando no banner abaixo. Boa leitura!

Gestão por competências

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentários
Show Buttons
Hide Buttons