EVP (Employee Value Proposition)

Atrair profissionais talentosos e mantê-los engajados ainda não é o ponto forte de algumas organizações. Uma rotatividade muito alta de colaboradores é prejudicial e, para contornar esse problema, muitas empresas têm adotado estratégias de EVP.

Se quiser saber o que é EVP, sua importância e como aplicar na sua empresa, siga lendo o post, pois vamos ensinar!

O que é EVP?

EVP é a sigla para Employee Value Proposition (proposta de valor ao empregado) e consiste nas vantagens entregues aos colaboradores de uma empresa. Essas vantagens podem ser utilizadas para atrair profissionais qualificados e reter talentos.

Uma estratégia de EVP deve ser desenhada de modo a motivar, engajar, reter e atrair colaboradores qualificados. Essa estratégia pode integrar vantagens relacionadas a salário, clima e cultura organizacional, ambiente de trabalho de qualidade, possibilidade de crescimento dentro da organização, etc.

Segundo dados da Gartner, um EVP bem desenvolvido pode gerar aumento de até 75% na competitividade da empresa e de 35% no engajamento dos colaboradores.

As vantagens oferecidas variam de empresa para empresa. Engana-se quem pensa que todas elas envolvem grandes quantidades de dinheiro ou pagar viagens para os funcionários. Na verdade, algumas ações simples podem ajudar a sua empresa a entregar um EVP cada vez melhor.

Quando uma empresa oferece benefícios aos seus empregados, é menos provável que eles busquem se desligar da empresa. Além disso, os processos de contratação de profissionais qualificados se tornam mais fáceis, pois suas vagas ficam mais atrativas.

Seguindo nessa linha, decidimos listar os principais benefícios do EVP para a sua empresa. Vamos descobrir quais são:

Principais benefícios de investir em EVP

Aumenta a produtividade e a motivação dos colaboradores

Oferecer oportunidades de crescimento dentro da empresa e garantir um bom clima organizacional são algumas ações que podem fazer parte de um EVP. Esse tipo de benefício aumenta a motivação e o engajamento dos colaboradores da empresa, além de atrair grandes profissionais. Por consequência, é possível observar uma melhora na produtividade.

Colaboradores felizes com seu trabalho são 12% mais produtivos, segundo levantamento da Universidade de Warwick.

Gozar de um ambiente de trabalho agradável e saber que seus esforços serão recompensados ajuda os profissionais a realizar um trabalho mais eficiente, de maior qualidade e ainda evita conflitos. Quando os colaboradores estão engajados, o trabalho rende muito mais!

Melhora a imagem da sua empresa como empregadora

Com certeza você não quer que a sua empresa fique conhecida como um péssimo local para trabalhar, certo? Esse tipo de reputação afasta bons profissionais e dificulta os processos de recrutamento e seleção, além de, em alguns casos, podem impactar até a visão do consumidor sobre a sua marca.

Investir em um EVP e saber divulga-lo faz com que seu negócio fique conhecido como uma empresa que vale a pena e que grandes profissionais adorariam integrar.

Ajuda na retenção de talentos

Quando a sua empresa possui um bom EVP, um colaborador vai pensar duas vezes antes de sair da sua empresa. A capacidade de reter talentos ajuda a garantir que não haverá desperdício de investimentos em um colaborador que, se não fosse pelas ações de EVP, deixaria a empresa e levaria os conhecimentos para um concorrente.

Leia também  Indicadores de gestão de pessoas: quais acompanhar?

Os cinco pilares do EVP

O EVP é formado por cinco pilares: recompensas, oportunidades, pessoas, trabalho e organização.

Os cinco pilares do EVP

Vamos nos aprofundar em cada uma delas:

Recompensas

Recompensas diz respeito a fatores como salário e reconhecimento. É importante enfatizar que um bom salário não é o único fator que leva um colaborador a se sentir satisfeito com seu trabalho; o reconhecimento e a cultura do feedback têm demonstrado uma importância cada vez maior no engajamento dos colaboradores.

Além disso, benefícios como planos de saúde, vale alimentação, vale cultura e convênios com academias, universidades e afins também têm um papel importante na construção de um EVP consistente e fazem parte desse pilar.

Oportunidades

Oportunidades é o pilar referente aos benefícios à carreira e ao desenvolvimento dos colaboradores. Oferecer oportunidade de crescimento dentro da organização e estabilidade profissional e organizacional é um grande incentivo para manter os profissionais engajados e motivados.

Para isso, criar um plano de carreira consistente e investir em treinamento e desenvolvimento é essencial para consolidar seu EVP.

Pessoas

Pessoas está ligado ao relacionamento entre colegas e com os líderes de equipe. É muito comum que colaboradores busquem desligamento da empresa por causa de conflitos com o chefe ou de relacionamento ruim com os colegas.

Parte da estruturação de um EVP inclui prezar por um bom clima organizacional, o que ajuda a evitar conflitos entre pessoas e garantir boas relações profissionais. Além disso, treinamentos de liderança e treinamentos comportamentais podem ajudar os gestores e os membros da equipe a se relacionar de forma mais saudável.

Trabalho

Aqui estamos nos referindo ao trabalho que é desempenhado pelo colaborador e o quão feliz ele se sente em relação ao que faz. Aspectos como reconhecimento, work-life balance, localização e inovação alteram a percepção que um colaborador tem da empresa.

Organização

Aqui estamos falando dos aspectos da organização em si e, também, do alinhamento dela com os valores dos empregados. Nesse aspecto, podemos considerar o nível de responsabilidade social da empesa, a ética, o posicionamento de mercado, a existência de diversidade entre os colaboradores e a cultura informal.

Quando uma empresa apresenta princípios éticos sólidos, os colaboradores ficam mais engajados no trabalho, pois se sentem parte de um projeto benéfico ao ambiente no qual a organização se encontra.

E como criar um EVP para os colaboradores da minha empresa?

Criar um EVP na sua empresa exige um certo planejamento. Alguns dos pontos que precisam ser pensados são os seguintes:

Perfil do colaborador

Dependendo do ramo de atuação, da região em qual a sua empresa está inserida e do tipo de colaborador que você emprega ou busca empregar, o perfil dos profissionais pode variar. Na hora de desenhar seu EVP, não deixe de levar em conta o perfil dos seus colaboradores e o tipo de benefício que será interessante para pessoas com esse perfil.

Leia também  O que é capital intelectual e como gerenciá-lo na sua empresa

Orçamento

Essa etapa pode parecer meio óbvia, mas precisamos lembrar dela. É claro que a criação de um EVP requer planejamento financeiro. As ações realizadas precisam, na maioria das vezes, de um certo investimento financeiro e um planejamento evita problemas futuros.

É importante fazer investimentos que estejam dentro da realidade da sua empresa. Como falamos, ações de EVP não exigem, necessariamente, gastos exorbitantes.

Divulgação

Um bom EVP costuma ser agraciado com uma divulgação orgânica feita pelos próprios profissionais da empresa. Eles acabam falando sobre os benefícios de trabalhar na organização para o círculo de amigos, família e afins.

Entretanto, isso não significa que você não deve se preocupar em divulgar seu EVP de outras formas. Os meios mais comuns de fazer isso são: citar os benefícios na divulgação de novas vagas, utilizar estratégias de assessoria de imprensa e comunicação organizacional para divulgar as ações, utilizar as redes sociais, etc.

O que pode fazer parte do meu EVP?

Plano de carreira

Plano de carreira

É difícil falar de EVP sem falar de plano de carreira. Para um colaborador, se manter engajado em uma empresa na qual não há oportunidade de crescimento pode ser uma tarefa bem complicada.

Traçar um plano de carreira justo para os colaboradores, baseado em tempo na empresa, esforço na realização das atividades, aquisição de novos conhecimentos e fatores afins, é uma das bases para um EVP de qualidade.

Espaços de convivência

Espaços de convivência

É comum que as empresas ofereçam espaços de convivência onde os colaboradores podem relaxar e “esfriar a cabeça”. Entre os mais comuns, podemos citar salas com biblioteca, televisão, jogos (a famosa mesa de sinuca ou tênis de mesa), videogames, pufes e sofás, tapetes e afins.

Esses espaços ajudam os profissionais a “recarregar as energias” nos intervalos ou antes do expediente, tornando-os mais produtivos e, ainda, promovendo interação entre pessoas, de forma que o clima organizacional também melhora.

Ações sociais

Ações sociais

Outra prática que compõe o EVP de muitas empresas é a promoção de ações sociais. Encontrar ações que se encaixam nos valores da sua empresa e investir nelas é benéfico de diversas maneiras.

Você pode engajar os colaboradores em determinados programas, o que aumenta o sentimento de pertencimento e de que o trabalho tem bons fins. Além disso, participar de ações sociais também melhora a imagem da sua marca para o público externo.

Entre as ações mais comuns, podemos citar as práticas de responsabilidade ambiental, doações a instituições sociais, promoção de atividades recreativas para a comunidade, etc.

Promoção de hábitos saudáveis

Promoção de comportamentos saudáveis

Parte importante do EVP de diversas empresas está em promover comportamentos saudáveis para os colaboradores. Isso inclui oferecer palestras com nutricionistas, ginástica laboral, frutas nos espaços de convivência ou cozinhas, realizar eventos esportivos para os colaboradores, etc.

Leia também  Indicadores de gestão de pessoas: quais acompanhar?

Flexibilização de horários

Flexibilização de horários

Oferecer uma jornada de trabalho flexível também pode ajudar a compor um EVP eficiente para a sua empresa. A jornada de trabalho flexível tem como principal característica garantir maior liberdade ao colaborador de modo que ele trabalhe a quantidade de horas contratadas, mas sem a rigidez de ter que chegar exatamente às 8h e sair às 18h, por exemplo.

Uma jornada flexível permite que o colaborador adapte seu horário e consiga conciliar com mais facilidade o trabalho com a vida pessoal. Não há prejuízos ao trabalho, pois a quantidade de horas trabalhadas permanece a mesma, mas o colaborador pode atuar no horário que for mais interessante para ele naquele dia, favorecendo o aumento da produtividade.

Há até empresas que adotam a chamada Short Friday, ou seja, o expediente se encerra mais cedo nas sextas feiras. Para que isso seja possível, o horário é compensado aos poucos ao logo da semana.

Benefícios e convênios

Benefícios e convênios

Muitas empresas têm investido em convênios com academias, cinemas, universidades e outras instituições para garantir descontos aos colaboradores. Além disso, benefícios como vale-alimentação, plano de saúde, vale cultura e afins são um atrativo ainda maior para que bons profissionais optem por trabalhar na sua empresa.

Realização de pesquisa de clima

Realização de pesquisas de clima

As pesquisas de clima são uma forma eficiente de mensurar o clima organizacional. Por meio dela, a equipe de RH consegue identificar padrões comportamentais, problemas de convivência, conflitos e pontos a serem melhorados na cultura e clima da empresa, assim como receber feedbacks positivos e descobrir se o EVP está sendo eficiente e se os colaboradores estão satisfeitos com o trabalho.

Remuneração

Remuneração

É claro que, além dos benefícios mais “lúdicos”, também é importante que a sua empresa pague salários justos aos colaboradores. Oferecer salários abaixo do padrão do mercado acaba por atrair mão de obra mal qualificada e, se o seu objetivo é atrair e reter talentos, esse não é um caminho muito interessante a ser trilhado.

Treinamento e desenvolvimento

Treinamento e desenvolvimento

Investir em treinamento e desenvolvimento também ajuda na consolidação do seu EVP. Para que um plano de carreira seja bem-sucedido, é necessário desenvolver as habilidades do colaborador de modo que ele se torne cada vez mais capaz e autônomo.

Quando as equipes funcionam com maior autonomia, elimina-se a necessidade de líderes autoritários ou situações desconfortáveis no ambiente de trabalho, além de que as atividades serão realizadas com uma qualidade muito maior.

E, já que estamos falando nesse assunto, precisamos lembrar que criamos um e-book sobre treinamento e desenvolvimento recentemente. Para saber tudo o que precisa sobre esse assunto, baixe-o gratuitamente e aprenda a gerar valor para a sua organização por meio do conhecimento. Boa leitura!E-book Como implantar práticas de treinamento e desenvolvimento na sua organização

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *