Educação Corporativa

As empresas estão adquirindo um papel cada vez maior na educação dos colaboradores, principalmente porque o mercado tem exigido competências e habilidades específicas que o ensino tradicional não consegue proporcionar. Em outras palavras, os empregadores deixaram de esperar que os colaboradores chegassem “prontos” e começaram a criar seus próprios programas de capacitação, colocando a educação corporativa em prática.

Com ela, é possível contornar a falta de capital capacitado e formar profissionais adequados para todas as funções e necessidades estratégicas.

Continue lendo para entender definitivamente o conceito de educação corporativa, o que ela tem a ver com as universidades corporativas e algumas dicas para colocar a educação corporativa em prática na sua empresa!

O que é Educação Corporativa?

Educação Corporativa é um conjunto de práticas que uma empresa adota para promover a formação continuada de seus colaboradores, desenvolvendo suas competências e habilidades junto aos princípios da organização.

Apesar de, em teoria, parecer similar ao conceito de treinamentos corporativos, a educação corporativa difere deles pois não é feita para transmitir conhecimentos específicos de uma função, e sim para desenvolver competências críticas dos colaboradores por meio do conhecimento estratégico. O treinamento, porém, visa transmitir conhecimento tático, guiando os colaboradores a executar suas tarefas práticas do dia a dia.

Sendo assim, a especialista Jeanne Meister afirma que a educação corporativa tem um papel estratégico nas organizações, qualificando os colaboradores como forma de aprimorar a força de trabalho e gerar resultados.

Na prática, a principal base da educação corporativa é a gestão do conhecimento: o incentivo ao compartilhamento, à gestão e à reprodução de conhecimento entre os próprios colaboradores. Essa gestão estimula a troca de informações entre os funcionários, de modo que todos aprendam e evoluam uns com os outros.

Além da gestão do conhecimento, outro pilar da educação corporativa é a universidade corporativa, um conceito diferente de ensinar e aprender dentro da organização. Vamos falar sobre ela a seguir, acompanhe!

O que é uma universidade corporativa? E o que isso tem a ver com educação corporativa?

A universidade corporativa é um espaço (físico ou virtual) de aprendizagem dentro de uma organização que tem como objetivo capacitar seus colaboradores, clientes, fornecedores e/ou parceiros.

Mais do que promover apenas um treinamento pontual, a universidade corporativa (UC) é uma parceira estratégica do negócio, possibilitando a formação continuada e o aprimoramento de competências a longo prazo. Percebe como isso tem tudo a ver com os objetivos da educação corporativa?

Assim como uma universidade tradicional, a UC é organizada em cursos e propõe-se a evoluir as pessoas que passam por ela. Porém, há diferenças entre as duas modalidades: a UC não tem obrigações legais com o Ministério de Educação (MEC), é idealizada pelos gestores, e não pelos docentes, além de que nas UCs o colaborador é formado para o futuro da empresa, ao contrário das universidades tradicionais que formam pessoas para o mercado de trabalho.

Leia também  O que é treinamento e desenvolvimento (T&D)? Aprenda como capacitar colaboradores de uma vez por todas!

Como comentamos, a UC pode ocupar um espaço físico ou virtual. Segundo uma pesquisa articulada pela especialista em educação corporativa Marisa Eboli, o uso da modalidade à distância chega a quase 90% nas empresas que contam com uma UC.

Esse número se dá, provavelmente, pela facilidade e pela flexibilidade que o ensino à distância (EAD) proporciona. Além de tornar possível que os colaboradores aprendam em qualquer lugar e qualquer horário, a universidade corporativa EAD:

  • Dispensa a necessidade de locação de espaços para o treinamento;
  • Reduz os custos de transporte, hospedagem e alimentação dos colaboradores;
  • Facilita a padronização do conhecimento entre empresas com várias filiais ou franquias.

Além disso, como os conhecimentos são mutáveis e se renovam a cada dia, a modalidade à distância (baseada na internet) facilita sua modificação, podendo manter os colaboradores sempre atualizados com as informações mais recentes.

Tudo isso se conecta à educação corporativa pois a UC é uma ferramenta que operacionaliza a transmissão do conhecimento. Por meio dela, os gestores podem idealizar e elaborar os cursos para desenvolver as competências necessárias nos colaboradores, os quais podem ter acesso ao conhecimento de maneira organizada e flexível.

E-book Como implantar práticas de treinamento e desenvolvimento na sua organização

Mas esses não são os únicos benefícios de investir na UC como ferramenta para a educação corporativa. Acompanhe o próximo tópico e entenda quais são os outros:

Benefícios da educação corporativa

Nivelamento do conhecimento entre os funcionários

É comum que as organizações centralizem o conhecimento de algumas funções em determinados funcionários, tornando-os especialistas no assunto. O problema dessa atitude é que, se o funcionário se ausenta e um problema acontece, ninguém consegue resolvê-lo. Resumindo, toda a organização sai perdendo.

Imagine, por exemplo, que o site da sua empresa está sendo atacado por hackers e o único programador que saberia como resolver esse problema saiu de férias. Seria um pesadelo, não é? Mas isso não precisa ser a sua realidade.

Como a educação corporativa tem como princípio a gestão do conhecimento, ela incentiva o compartilhamento das informações entre os colaboradores, para que todos possam conhecer os processos da empresa e contribuir caso surja a necessidade.

Leia também  Jogos Corporativos: o que são e como aplicar

Ao contrário do que alguns funcionários imaginam, compartilhar o conhecimento que se tem nas mãos não diminui sua relevância na equipe ­— na verdade, contribuir com o aprendizado dos colegas de trabalho transforma-os em referências dentro da empresa.

Além do mais, ninguém sabe tudo sobre tudo, e a gestão do conhecimento na educação corporativa possibilita que mesmo os especialistas continuem aprendendo continuamente.

Favorece a inovação

Este benefício é diretamente ligado ao anterior, afinal, quanto mais conhecimento os colaboradores têm, mais preparados estão para propor mudanças e melhorias dentro da empresa.

A inovação depende muito da criatividade e do conhecimento, e a educação corporativa pode desenvolver competências estratégicas que capacitem os funcionários para isso! Quando o colaborador visita um congresso na área e compartilha as descobertas com a equipe, por exemplo, pode muni-los de informações úteis para embasar uma ideia inovadora.

Assim, os talentos de dentro da empresa podem contribuir trazendo novas ideias, sugerindo transformações nos processos de trabalho etc.

Minimização do retrabalho

Quando o retrabalho começa a preocupar os gestores de área, pode ser um sinal de que está faltando conhecimento na equipe. Normalmente, o que se faz nessas situações é oferecer um treinamento técnico para suprir uma necessidade pontual de conhecimento. Mas será que essa é a única opção?

Com um programa contínuo de educação corporativa, é possível capacitar os funcionários e cortar as causas do retrabalho pela raiz, ensinando-os o que precisam para a função e mostrando como procurar pelo conhecimento quando precisarem dele.

Mais motivação e engajamento com a empresa

Quando o colaborador entende o que está executando e consegue fazer seu trabalho com sucesso, a motivação é uma consequência natural.

Ele poderá ser reconhecido pelo seu trabalho e se sentirá feliz por trabalhar em um lugar que incentiva a busca pelo conhecimento e oferece meios para o desenvolvimento profissional.

Além do mais, se você utilizar uma ferramenta gamificada na sua universidade corporativa, poderá utilizar a motivação que o espírito competitivo traz para engajar seus colaboradores no processo educativo. Falaremos mais sobre isso adiante!

Fortalecimento do employer branding

Empresas que valorizam a difusão do conhecimento por meio da educação corporativa tendem a ter um employer branding mais atrativo que outras. Sabe por que?

Quando um candidato a uma vaga percebe que a organização valoriza a educação e a qualificação de seus colaboradores, entende que terá oportunidades para crescer intelectualmente e profissionalmente dentro dela. Assim, a oportunidade de emprego torna-se, também, uma oportunidade de aprendizagem e qualificação.

Leia também  Como motivar uma equipe de trabalho: 11 dicas infalíveis

A empresa ganha em credibilidade e em qualificação dos candidatos e o colaborador ganha em desenvolvimento profissional!

Fique agora com as nossas dicas para construir um programa de educação corporativa eficiente:

Educação corporativa

Dicas para construir seu programa de educação corporativa

1. Utilize a tecnologia ao seu favor

As novas tecnologias revolucionaram a forma de treinar e desenvolver os colaboradores. Hoje, não é mais necessário passar horas em palestras e cursos presenciais para aprender.

Nesses eventos presenciais, que demandam um grande investimento por parte da empresa, os colaboradores não contam com a possibilidade de assistir novamente às aulas e nem com a flexibilidade de estudar no momento em que desejarem.

Felizmente, as plataformas EAD de educação corporativa podem tornar a vida dos colaboradores e dos gestores mais fácil. Como os conteúdos da plataforma ficam disponíveis online o tempo todo, os colaboradores podem aprender como e quando quiserem, inclusive pausando e repetindo as aulas em caso de dúvidas.

Já para os gestores, fica mais fácil administrar a adesão dos colaboradores aos treinamentos, verificar se estão compreendendo por meio de questionários online, treinar novos funcionários rapidamente, entre outras vantagens.

Para saber mais, visite nosso post sobre plataforma EAD.

2. Proponha uma estratégia de gamificação

É impossível falar sobre educação corporativa e não falar sobre gamificação! A estratégia de ensino que aproveita elementos de jogos e videogames para envolver os colaboradores está se provando cada vez mais efetiva.

Nossa dica é que você utilize a gamificação como maneira de motivar os participantes dos treinamentos, estimulando sua competitividade e criando uma atmosfera amigável para que eles vejam o momento de aprendizagem de maneira positiva.

É possível utilizar ferramentas de educação corporativa EAD gamificadas que gerem pontos a cada curso concluído, além de exibir o ranking dos colaboradores mais engajados e recompensá-los com brindes ou bonificações.

Desenvolver uma universidade corporativa é fundamental para implementar a educação corporativa nas empresas. Confira nosso post completo sobre universidade corporativa e entenda como construir uma, ou, se preferir, baixe o conteúdo em forma de e-book para ler onde e quando quiser!

E-book Universidade Corporativa CTA

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *