Qual a diferença entre Treinamento e Desenvolvimento?

Receba nossas novidades

Ao enviar você está aceitando os termos da nossa política de privacidade

Diferença entre treinamento e desenvolvimento

As empresas entendem a importância de adotar práticas de treinamento e desenvolvimento (T&D) para manter a organização atualizada e com colaboradores capacitados.

No entanto, é muito comum que elas apenas juntem esses dois conceitos, sem uma reflexão e planejamento para fazer tudo do jeito certo.

Por isso é importante saber a diferença entre treinamento e desenvolvimento!

Acompanhe esse texto para aprender:

Boa leitura!

A diferença entre treinamento e desenvolvimento

Treinamento e Desenvolvimento são duas técnicas que geralmente ocorrem em conjunto. Mas, elas não são a mesma coisa!

Por isso, para que elas sejam aplicadas da forma correta, é preciso entender qual a diferença entre elas:

  • Treinamento é uma estratégia de curto prazo para ensinar conhecimentos técnicos e habilidades dentro de determinado cargo.
  • Desenvolvimento é um programa de longo prazo para promover o crescimento e maturidade do colaborador dentro da empresa.

Ainda ficou confuso? Então vamos a um exemplo:

Uma aula de três horas para ensinar os vendedores de uma empresa a usarem um novo software de vendas é um treinamento.

Já um conjunto de treinamentos para ensinar novas técnicas de vendas, inovar a abordagem dos clientes e melhorar performance dos vendedores a longo prazo é desenvolvimento.

Ficou mais fácil? Então, agora que você já sabe qual a diferença entre essas duas técnicas, entenda mais a fundo as características de cada uma delas:

 

O que é treinamento?

Treinamento é uma prática de curta duração que tem o objetivo de preparar o colaborador para realizar uma tarefa específica e pontual.

Veja as principais características do treinamento:

  • Tem começo, meio e fim;
  • Foca no presente;
  • Visa passar um conhecimento dentro de poucas horas;
  • Prepara o colaborador para executar sua função da melhor forma;
  • Pode ser feito com vários colaboradores simultaneamente.

Para ilustrar melhor vamos a um exemplo: Uma empresa que fabrica roupas pode desenvolver um treinamento de duas horas para que seus colaboradores aprendam a manusear uma nova máquina de costura.

Esse treinamento pode ser ministrado por algum colaborador que tenha as habilidades para ensinar seus colegas de trabalho ou por algum profissional externo, contratado especificamente para passar esses conhecimentos adiante.

Mas lembre-se: treinamento não é apenas para melhorar a execução de trabalhos manuais! Existem vários tipos de treinamento, como:

    1. Integração

Voltado aos colaboradores recém-contratados que precisam adquirir as habilidades técnicas e os comportamentos necessários para atuar na organização.

  1. Treinamentos de software

    Tem o objetivo de ensinar o colaborador a manusear as ferramentas digitais utilizadas pela empresa. É muito usado para cargos que tem contato direto com o sistema operacional, como secretárias.

  2. Treinamentos de produtos

    Apresentam os produtos da empresa, seu posicionamento no mercado e impacto na vida dos clientes. São fundamentais, por exemplo, para o time de vendas e sucesso do cliente.

  3. Treinamentos de compliance

    Apresentam os produtos da empresa, seu posicionamento no mercado e impacto na vida dos clientes. São fundamentais, por exemplo, para o time de vendas e sucesso do cliente.

  4. Treinamentos obrigatórios por lei

    Se referem às normas de padronização (ISO) e são aplicados na área de gestão de qualidade ou em cargos relacionados ao cumprimento de leis.

  5. Treinamentos de reciclagem

    Ocorrem para atualizar ou revisar algum conhecimento de determinada área.

Gestão por competências


O que é desenvolvimento?

Desenvolvimento é um conjunto de treinamentos ou outros métodos que ocorrem a longo prazo. Ele tem o objetivo de promover a evolução intelectual e pessoal dos colaboradores.

Os conhecimentos adquiridos no desenvolvimento não servem apenas para um determinado cargo ou função e podem ser aplicados em qualquer momento da carreira do colaborador.

Algumas noções sobre o desenvolvimento:

  • É um processo de longo prazo com resultados no futuro;
  • Prepara os funcionários para desafios e mudanças que podem surgir no mercado;
  • Desenvolve um conhecimento conceitual e emocional voltado para a carreira;
  • É feito com poucos colaboradores ao mesmo tempo.

O treinamento é uma das práticas mais adotadas para promover o desenvolvimento de colaboradores, mas não é a única forma.

Conheça outras estratégias muito populares de desenvolvimento de pessoas:

Coaching

É uma técnica de desenvolvimento que consiste em ajudar as pessoas a alcançarem os seus objetivos (pessoais ou profissionais) através do aconselhamento de um coach.

Peer review

Nessa estratégia, uma dupla formada por pessoas que tem experiência na área revisa um material da empresa para apontar melhorias.

Essa prática de desenvolvimento ajuda os colaboradores a terem um olhar crítico sobre o que é produzido. Dessa forma, entregarão trabalhos com maior qualidade no futuro.

Palestras

Sejam elas motivacionais ou técnicas, palestras podem auxiliar no desenvolvimento de colaboradores.

Isso ocorre através de afirmações que podem ajudá-lo a entender seu papel na organização, além de motivá-los a entregar o melhor trabalho sempre.

Momentos de confraternização

Os momentos de confraternização são muito importantes para que os colaboradores troquem experiências pessoais, fiquem mais próximos e, consequentemente, confiem mais nos trabalhos uns dos outros.

Feedback

É uma conversa sobre o desempenho do colaborador na organização, que pode ocorrer através de uma reunião ou por escrito.

O feedback pode ser utilizado tanto para avaliar colaboradores que estão fazendo seu trabalho com eficiência quanto para aqueles que não estão.

Reuniões

Reuniões são momentos para definir planejamentos e para alinhar expectativas: importante aliado na hora de evitar decepções (tanto por parte dos colaboradores quanto da empresa).

Afinal, os gestores devem ser honestos sobre o que esperam de seus colaboradores e os colaboradores devem ser honestos sobre o que esperam da empresa.

Quando combinadas entre si, as estratégias citadas acima podem formar um Programa de Desenvolvimento, como:

  • Desenvolvimento de lideranças: promove nos colaboradores as características do comportamento de líder, como saber delegar funções e ter uma boa comunicação.
  • Desenvolvimento de habilidades de inovação: instiga a capacidade de gerar novas ideias e otimizar processos.
  • Desenvolvimento de visão estratégica: exercita a habilidade de fazer planos e estabelecer metas.
  • Programa de jovem aprendiz: Desenvolve o profissional no início da carreira para que tenha oportunidade de crescimento dentro da empresa.
 

Vamos a um exemplo prático para entender melhor como funciona o desenvolvimento de pessoas:

Imagine um novo colaborador em uma empresa de software: ele ainda não conhece os produtos da empresa, não sabe qual o clima da organização, nem como contribuir para melhorias.

Se a organização adotar práticas de desenvolvimento, esse colaborador passará por treinamentos, dinâmicas e outras atividades educacionais para:

  • Se adaptar ao novo ambiente de trabalho;
  • Aprender sobre o produto;
  • Desenvolver seus conhecimentos;
  • Adquirir novas habilidades;
  • Melhorar aspectos comportamentais;
  • Aprimorar seu olhar crítico.

Agora que você já entendeu a diferença entre treinamento e desenvolvimento, você deve estar se perguntando:

O que é mais importante: o treinamento ou o desenvolvimento?

O treinamento e o desenvolvimento são práticas complementares, ou seja: o melhor é utilizá-las em conjunto!

Porém, de modo geral, podemos dizer que o desenvolvimento é um processo mais importante. Afinal, todo a evolução intelectual do colaborador é mais fundamental para a organização e para ele mesmo do que um treinamento de poucas horas.

Portanto, podemos dizer que o treinamento de pessoas está dentro do desenvolvimento e esses dois conceitos fazem parte do desenvolvimento da organização, como na imagem: 

Diferença entre treinamento e desenvolvimento

 

Leia mais sobre esse conceito a seguir.

O conceito de desenvolvimento organizacional

O desenvolvimento organizacional é um pilar importante da empresa, que envolve visão de futuro, inovação e muitos outros aspectos.

Ele consiste em um conjunto de estratégias que visa preparar a empresa para o futuro, a fim de:

  • Prever problemas;
  • Adequar os produtos ao mercado;
  • Trabalhar para a construção de um ambiente organizacional cada vez mais colaborativo.

Para atingir esses objetivos, o desenvolvimento organizacional se preocupa com o capital estrutural (estrutura física) e o capital humano (conjunto de colaboradores). Esses conceitos precisam trabalhar juntos para que a engrenagem da organização funcione.

Como o capital humano é aprimorado através do treinamento e desenvolvimento, é muito importante aprender a colocar esses conceitos em prática.

Para você ficar por dentro do assunto, preparamos um e-book completo para te ensinar o passo a passo da implantação de um programa T&D na sua empresa. Confira gratuitamente no banner abaixo!

E-book Como implantar práticas de treinamento e desenvolvimento na sua organização

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentários
Show Buttons
Share On Facebook
Share On Twitter
Share On Linkedin
Contact us
Hide Buttons