Clima e cultura organizacional: quais as diferenças e importância?

Receba nossas novidades
Newsletter
Clima-e-cultura-organizacional-light

Problemas como índice de turnover muito alto, conflitos internos e absenteísmo são comuns nas organizações. Porém, cada vez mais elas percebem que há uma forma de reduzir esses problemas: dar atenção ao clima e cultura organizacional.

Muitos confundem o clima e a cultura organizacional porque os dois conceitos andam de mãos dadas, apesar de serem coisas diferentes. Ambos são fatores decisivos na experiência dos colaboradores e, consequentemente, impactam nos resultados entregues e na satisfação dos profissionais com o trabalho.

Que tal entender definitivamente esses conceitos para poder gerenciá-los adequadamente na sua organização? Acompanhe o texto para entender o que é clima e cultura organizacional e como melhorá-los na sua empresa!

O que é cultura organizacional?

A cultura organizacional compreende as regras, filosofias e valores de uma empresa. Em outras palavras, é um código de conduta que esclarece o que a corporação espera dos colaboradores e também dos líderes e gestores. A cultura organizacional de uma empresa está diretamente ligada ao seu propósito de existência e é o molde para formular as bases éticas que nortearão todo funcionamento da organização.

A cultura organizacional não é algo volátil, que se altera no dia a dia. Na verdade, é algo enraizado. São as ideias que predominam internamente e que não se alteram de maneira rápida ou por decisões arbitrárias. Por fazer parte da forma como a empresa se apresenta ao mercado, a cultura organizacional pode ajudar a definir a como a organização é vista aos olhos do público externo.

Para facilitar o entendimento, pense na empresa como se ela fosse uma pessoa. Os valores pessoais desse indivíduo seriam como a cultura de uma organização. Assim como uma pessoa tem valores intrínsecos à sua existência, a cultura organizacional representa o mesmo em relação a uma empresa.

Ainda, é preciso lembrar que toda empresa possui uma cultura, mesmo que você não saiba exatamente qual é.

Como identificar as características da cultura organizacional?

Algumas questões são importantes para identificar qual é a cultura de uma empresa. Por exemplo:

• Somos uma empresa aberta à inovação ou valorizamos apenas o tradicional?
• Valorizamos o aprendizado ou buscamos resultados sempre acurados?
• Temos uma hierarquia rígida ou as relações são mais flexíveis?
• Somos mais orientados a pessoas ou a resultados?

Em geral, a cultura organizacional é composta por mais ou menos ênfase em 7 características principais: inovação, atenção aos detalhes, orientação para as pessoas, orientação para os resultados, orientação para as equipes, agressividade e estabilidade.

Observando a forma como cada uma dessas características se apresenta internamente, é possível identificar para qual tipo de cultura a empresa está voltada. Uma empresa pode ter:

Cultura de poder, baseada em uma hierarquia rígida e líderes com papel mais centralizado.
Cultura de papéis, muito voltada à estrutura dos processos e ao desempenho dos colaboradores.
Cultura de pessoas, que tem como ponto chave a valorização dos colaboradores.
• Cultura de inovação, que propõe um ambiente propício ao surgimento de novas ideias e dá espaço para formas mais colaborativas de decisão.
Cultura de performance, voltada ao desempenho do colaborador na realização de suas atividades.
• Cultura conservadora, que tende a rejeitar mudanças e abraçar ideias tradicionais.
• Cultura adaptativa, que é flexível e está em empresas que revisam constantemente suas práticas, sendo uma cultura muito aberta à inovação.
Entre outras.

Conseguiu entender o que é a cultura organizacional? Se sim, temos meio caminho andado. Agora, vamos entender o que é o clima organizacional.

O que é clima organizacional?

O clima de uma organização parte da percepção que os colaboradores têm de seu ambiente de trabalho. Ele diz respeito a questões cotidianas, a como colaboradores lidam com o que acontece no dia a dia da empresa. É o clima organizacional que diz o que os funcionários pensam da empresa e o quanto estão (ou não) motivados.

O clima organizacional é um indicativo do bem-estar coletivo da empresa e da qualidade do ambiente de trabalho e, como os colaboradores impactam diretamente na produtividade do negócio, podemos dizer que o clima organizacional de uma empresa está no centro de seus resultados.

Assim como toda empresa tem uma cultura, toda empresa também tem um clima, mesmo que não saiba como ele é. A principal ferramenta utilizada para compreender e mensurar a qualidade do clima organizacional é a pesquisa de clima.

Pesquisa de clima

A pesquisa de clima é feita, geralmente, por meio da aplicação de um questionário que busca entender como os colaboradores percebem o ambiente de trabalho. Ela pode ser feita em diversos formatos, como: perguntas de múltipla escolha, atribuição de notas para cada quesito da empresa, perguntas abertas etc. Alguns exemplos de perguntas que podem constar na pesquisa de clima são:

• Considero minha remuneração adequada às funções que exerço?
• Meu time se relaciona de forma amigável?
• A postura de liderança do meu gestor é adequada?
• Há abertura para dar sugestões nos processos em que atuo?
• Estou satisfeito com as funções e com a área em que atuo na empresa?
• Gosto de trabalhar nessa empresa?

Por meio das respostas, os colaboradores podem indicar como eles se sentem trabalhando na organização. Além disso, o colaborador não precisa se identificar. Isso garante que as respostas serão mais sinceras, para que não haja receio de retaliações.

Além da pesquisa de clima, há alguns indicadores que podem te ajudar a perceber como está o clima da sua empresa. Por exemplo:

• Índices de produtividade: quando o clima organizacional é melhor, os colaboradores tendem a ser mais produtivos.
• Índice de rotatividade: quando há muitos pedidos de demissão ou demissões involuntárias, isso pode indicar problemas no clima organizacional. Realizar entrevistas de desligamento pode ajudar a entender melhor o que está levando a essa rotatividade.
Absenteísmo: muitas faltas, atestados pouco confiáveis e ausência da sala de trabalho indica que os colaboradores estão desmotivados. Um alto absenteísmo é um indicador de mau clima.
• Reclamações trabalhistas: se a sua empresa recebe reclamações trabalhistas frequentes, é urgente dar mais atenção ao clima.

Para tentar melhorar o clima organizacional, você deve oferecer um ambiente de trabalho adequado. Isso inclui equipamentos adequados, locais confortáveis, espaços de convivência etc.

Além disso, investir em desenvolvimento de colaboradores e um plano de carreira também pode ajudar a manter a motivação, assim como metas viáveis, benefícios, incentivo a práticas saudáveis, e líderes bem treinados que saibam liderar de forma adequada, ética e saudável.

Leia também: Como estruturar um treinamento de liderança na sua empresa.

Quais as diferenças entre clima e cultura organizacional?

O clima é influenciado diretamente pela cultura, podendo ser uma manifestação daquilo que a cultura estabelece como foco. Porém, enquanto a cultura organizacional diz respeito a algo fundamentado e quase imutável, o clima organizacional se refere ao cotidiano – algo que muda constantemente. Em geral, colaboradores se adequam à cultura organizacional, enquanto o clima organizacional é transformado a partir dos colaboradores.

Outra diferença considerável é que a cultura organizacional está ligada a práticas, enquanto o clima organizacional está ligado a percepções. Como a cultura da empresa é passada de forma prática (através de treinamentos de integração, por exemplo), seus valores são rapidamente disseminados e tendem a ser respeitados com naturalidade.

Já o clima organizacional está muito atrelado ao momento e é facilmente alterado por situações diversas (como uma crítica dura vinda de um gestor ou mudanças nos processos internos).

KIT Integração novos colaboradores

Clima e cultura organizacional: por que são importantes?

Como você viu, sua empresa tem um clima organizacional a ser preservado e melhorado constantemente. Além disso, sua corporação tem uma cultura organizacional (mesmo que não definida e os colaboradores sigam uma cultura sensorial, que foi se construindo sem planejamento). A importância tanto de um quanto da outra está no impacto das relações humanas com os resultados que você planeja alcançar.

Ter conhecimento claro da cultura e do clima organizacional da empresa é fundamental para evitar que um influencie negativamente o outro. Isso por que clima organizacional tem influência sobre a cultura organizacional e vice-versa.

Uma cultura organizacional engessada, que prioriza questões burocráticas à produtividade real, por exemplo, pode tornar o clima organizacional muito desgastado e gerar desmotivação nos colaboradores. Por outro lado, é possível que uma cultura organizacional moderna (com horários flexíveis, opções de lazer etc.) cause um clima exageradamente descontraído, causando prejuízo nos resultados.

Conciliar clima e cultura organizacional já é desafiador por natureza. Por isso, conhecer bem as duas coisas é fundamental para evitar desvios de conduta e foco no negócio por parte de todos os envolvidos.

Agora que você entendeu tudo sobre clima e cultura organizacional, vamos conferir os principais benefícios de dar atenção a esses quesitos!

Importância do clima e da cultura organizacional

3 benefícios em valorizar a cultura e o clima organizacional

1 – Redução de absenteísmo

Quando o colaborador apresenta muitas faltas ou atrasos, é necessário identificar o porquê desse absenteísmo. Muitas vezes, a razão está em questões pessoais, mas um clima organizacional ruim também pode ser responsável pelo aumento de índices de absenteísmo.

Quando a empresa se preocupa com o clima organizacional – dando atenção aos colaboradores e suas opiniões – uma consequência é a redução do absenteísmo. O profissional passa não apenas a evitar as faltas, como deseja estar na empresa porque se sente realizado na atividade que desempenha.

2 – Diminuição do índice de turnover

O índice de turnover mostra o cenário da empresa em relação ao desligamento de funcionários, seja ele voluntário ou involuntário. Índices muito altos, em qualquer uma das opções, revelam problemas na gestão de recursos humanos – e no clima organizacional. Quando o clima organizacional da empresa é agradável, menos funcionários optam por deixar a empresa.

Da mesma forma, é do interesse dos membros da equipe continuar numa empresa com uma cultura que seja condizente aos seus valores pessoais. Por isso, mapear bem a cultura da organização ajuda a realizar contratações mais precisas, para encontrar colaboradores que possuem um fit melhor com a organização.

3 – Aumento de produtividade (e de resultados!)

A maioria das pessoas concorda: há mais produtividade em ambientes organizados, onde os grupos não têm conflitos e que entendem suas funções de forma bem clara. Assim, a produtividade de sua empresa aumenta quando clima e cultura organizacionais estão de acordo com as necessidades dos colaboradores.

E então, conseguimos tirar as suas dúvidas sobre esse assunto? Lembre-se que a alta rotatividade e a desmotivação demonstram que a empresa possui uma dificuldade em reter talentos. Temos um webinar que explora todos os fatores que podem estar escapando a sua atenção e causando esse problema, não deixe de assistir. Basta clicar no banner abaixo!

Como reduzir o impacto do turnover webinar CTA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentários
Show Buttons
Hide Buttons