Capacitação profissional: o que é, benefícios e 5 passos de como aplicar na sua empresa

Receba nossas novidades

Ao enviar você está aceitando os termos da nossa política de privacidade

Capacitação profissional

A capacitação profissional é um conjunto de ações que tem o objetivo de melhorar as habilidades dos colaboradores.

Em um mercado de trabalho cada vez mais competitivo, as empresas precisam investir na capacitação profissional para manterem a qualidade do seu serviço ou produto e reterem os melhores talentos.

Para que você fique por dentro do assunto, preparamos um texto com tudo o que você precisa saber sobre capacitação profissional:

Boa leitura! 

O que é capacitação profissional? 

A capacitação profissional se refere a uma sequência de ações de treinamento para desenvolver competências técnicas ou comportamentais dos colaboradores.  

Isso pode ser feito através de cursos, webinars, palestras, serious games, entre outros diversos métodos.  

Por meio dessas práticas, os colaboradores melhoram suas habilidades na função que desempenham e têm perspectiva de crescimento na empresa.  

Além de serem feitas coletivamente, as ações de capacitação profissional também podem ser individuais. 

Com o PDI (Plano de Desenvolvimento Individual), os colaboradores podem ser protagonistas do seu processo de capacitação e definir quais ações devem tomar para atingirem seus objetivos profissionais. Veja: 

Como fazer um Plano de Desenvolvimento Individual (PDI) + Modelo

Qual é a importância da capacitação profissional?  

Por consistir no desenvolvimento de competências, a capacitação profissional é uma forma de valorizar os colaboradores da empresa e melhorar processos.  

Portanto, quando a empresa não investe em capacitação, surgem os seguintes problemas: 

  • Alta rotatividade: o número de contratações e demissões aumenta porque os colaboradores não têm perspectiva de crescimento na empresa. Para saber se sua empresa tem alta rotatividade, clique abaixo e utilize nossa calculadora. 

Calculadora de Turnover cta

  • Colaboradores desmotivados: sem capacitação, os colaboradores sentem que a empresa não está preocupada com sua carreira e perder o interesse pelo trabalho, aumentando o índice de absenteísmo.
  • Desvalorização no mercado: com funcionários despreparados para executarem suas funções, a empresa deixa de ser competitiva e perde espaço para corporações que tenham profissionais eficientes.
  • Além de solucionar essas questões, a capacitação profissional possui diversos benefícios.

Benefícios da capacitação profissional  

Retenção de talentos  

Ao oferecer capacitação profissional, a empresa deixa de ser apenas um ambiente de trabalho e passa a ser vista como um espaço de aprendizado.  

Dessa forma, os profissionais que buscam constante evolução e novos desafios sentem que conseguirão crescer com a empresa e desejam permanecer trabalhando nela.  

Engajamento das equipes  

Quando a empresa deixa de oferecer somente o salário e passa a se preocupar com o conhecimento e carreira dos colaboradores, ocorrem mudanças visíveis no ambiente.  

Os colaboradores se sentem gratos e satisfeitos profissionalmente, o que aumenta sinergia entre os times, melhora a produtividade e traz mais qualidade de vida aos profissionais.  

Diminuição de gastos  

A retenção de talentos e aumento da produtividade causados pela capacitação profissional geram economia de recursos na empresa.  

Afinal, contratações e demissões constantes custam caro e a falta de produtividade reduz o faturamento.  

Competitividade com outras empresas  

Capacitar colaboradores aumenta o nível de profissionalismo da equipe e melhora os processos internos. 

Dessa forma, a empresa se torna forte diante da concorrência e tem mais chances de se tornar referência na sua área futuramente.  

Agora que você já viu os benefícios da capacitação profissional, continue lendo para apender a colocar em prática!

5 passos para realizar a capacitação profissional 

1.Identifique as necessidades de capacitação  

Para saber quais habilidades dos colaboradores precisam ser melhoradas, é importante ouvir os líderes e gestores.  

Também, enviar questionários técnicos aos colaboradores para medir seu nível de conhecimento é uma forma de encontrar pontos de melhoria 

Outra ferramenta de grande ajuda nesse processo é a matriz de competências.  

matriz de competências

Com ela, é possível cruzar as habilidades exigidas para cada cargo e o nível de habilidade que o colaborador que ocupa aquela função já possui, identificando gaps de competências. 

2.Utilize multiplicadores internos 

Os multiplicadores internos são colaboradores experientes que ajudam na gestão do conhecimento da organização.  

Eles podem atuar como mentores dos colegas para compartilhar o conhecimento que possuem, traduzindo a linguagem técnica e trazendo conceitos teóricos para a prática.  

O uso de multiplicadores internos na capacitação profissional traz benefícios para todos os envolvidos, como: 

multiplicadores internos

 

3.Prepare materiais de educação corporativa   

Você pode utilizar diversos recursos para promover a capacitação profissional e o desenvolvimento de novas habilidades, como vídeos, jogos, palestras, mapas mentais, podcasts, entre muitos outros. 

Antes de tudo, vale analisar qual é o tipo de aprendizagem predominante nas equipes para criar conteúdo atrativo. 

tipos de aprendizagem
Esses materiais podem ser preparados pelos próprios multiplicadores internos e disponibilizados em forma de cursos em uma universidade corporativa.  

4.Crie uma universidade corporativa  

O processo de capacitação profissional exige que os gestores acompanhem o aprendizado dos colaboradores para avaliar seu desempenho e mantê-los engajados.  

Nesse sentido, a implementação de uma universidade corporativa é muito importante, pois possibilita ao líder:  

  • Acompanhar o progresso de cada colaborador, vendo quais cursos foram feitos e quais estão em andamento; 
  • Aplicar testes e questionários sobre os conteúdos; 
  • Utilizar métodos inovadores de ensino, como gamificação; 
  • Engajar o aprendizado com rankings de pontuação. 

Assim, desenvolver novas competências na empresa se torna uma tarefa descomplicada e mais interessante para quem está aprendendo.  

5.Mensure os resultados  

Para saber se a capacitação profissional está sendo bem-sucedida, ou seja, identificar se as habilidades dos profissionais estão sendo desenvolvidas, é importante analisar resultados.  

Por exemplo, se o problema causado pela falta de competências era a alta rotatividade, meça se houve melhora nesse aspecto. 

Dessa forma, é possível manter o projeto de capacitação como está ou, se necessário, realizar mudanças que melhorem o processo.  

Se você ficou com dúvidas de como medir resultados, confira a dica a seguir. 

Bônus: aprenda a mensurar resultados de forma eficiente 

Sabendo da importância da mensuração de dados de treinamentos, preparamos um webinar completo para te ajudar. 

Com ele, você vai aprender a usar o modelo de Kirkpatrick e ter insights para coletar dados de forma confiável. 

Clique abaixo e assista gratuitamente!
https://www.twygoead.com/site/biblioteca/webinar-como-mensurar-resultados-treinamentos-corporativos/

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentários
Show Buttons
Share On Facebook
Share On Twitter
Share On Linkedin
Contact us
Hide Buttons